Maria Bethânia canta e declama versos e arrebata público em Inhotim

Cantora atraiu 1.500 pessoas mesmo com forte calor no Inhotim. Músicas e poesias de Drummond, Ferreira Gullar e Fernando Pessoa fizeram uma mágica apresentação

por Ana Clara Brant 17/10/2015 20:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Tulio Santos/EM/D.A Press
(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)

Público de 1.500 pessoas com o kit calor com direito a roupas leves, chapéu, esteira, leque ou outro objeto para abanar, óculos escuro e garrafinha de água. A alteração no horário, de 15h para as 16h justamente para dar mais conforto aos espectadores, deu uma amenizada no clima do espetáculo Bethânia e as palavras, em que a artista mescla poesia e música. Mas quem se importa com a alta temperatura quando Maria Bethânia surge no palco? Ainda mais em Inhotim, um local tão especial e próximo de Deus, como ela mesma definiu.

A artista baiana, que está completando 50 anos de carreira em 2015, fez na tarde deste sábado (17) no Centro de Arte Contemporânea, a primeira apresentação ao ar livre deste projeto que tem origem justamente em Minas. Em 2009, ela foi convidada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para participar do ciclo de conferências Sentimentos do mundo. Foi quando surgiu essa iniciativa que rodou o país e até atravessou o Atlântico, em Portugal.

Assista a um trecho do show:


O show/performance começou cinco minutos antes do previsto e, já de cara, a cantora arrebatou a plateia que, diga-se de passagem comportou muito bem. Sentados e silenciosos, todos ouviam atentamente Bethânia declamando cada poesia, mas, claro, não se seguraram e cantaram juntos quando ela soltou a voz. Acompanhada pelo percussionista Carlos César e o violonista Paulinho Dafilin, a filha de Dona Canô leu trechos de poemas de nomes como Guimarães Rosa, Manuel Bandeira, Drummond, Cecília Meireles, Ferreira Gullar, e de seu preferido, Fernando Pessoa. Intercalando com os versos, ela interpretou canções como Romaria (Renato Teixeira), Dança da solidão (Paulinho da Viola), ABC do sertão (Luiz Gonzaga) e Reconvexo (Caetano Veloso). Quem perdeu essa apresentação mágica tem mais uma oportunidade na tarde deste domingo, para um repeteco de Bethânia e as palavras.

Tulio Santos/EM/D.A Press
(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)


Bethânia e as palavras

Domingo (18), às 16h, no Palco Magic Square, Instituto Inhotim, Brumadinho (acesso pelo km 500 da BR-381)
Ingressos: R$ 200 reais (inteira) e R$ 100 (meia). O ingresso permite visitar o Inhotim e deve ser comprados previamente na loja do Instituto (Rua Antônio de Albuquerque, 900, Savassi) ou no site www.inhotim.org.br. Informações: (31) 3194-7300 e (31) 3571-9700.

Tulio Santos/EM/D.A Press
(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA