Fim do Uakti repercute nas redes sociais e fãs lamentam a decisão do grupo

Músicos e admiradores deixaram mensagens de apoio e de tristeza por conta da decisão anunciada por Marco Antônio Guimarães

por Fernanda Machado 16/10/2015 10:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 Sylvio Coutinho/Divulgação
(foto: Sylvio Coutinho/Divulgação)
A notícia do fim do Uakti, anunciada nessa quinta-feira pelo músico Marco Antônio Guimarães na página oficial do grupo, e em seu próprio perfil no Facebook, pegou fãs e admiradores de surpresa. Muitos deixaram mensagens lamentando a decisão dos músicos, e até indicando pessoas para a compra do acervo do grupo, que foi anunciada também por Marco, em seu post despedida.

Entre os que comentaram, está o músico Flávio Henrique, que lembrou a importância do Uakti para a cultura mineira. "Nos resta agradecer a oportunidade de termos tido durante 35 anos um grupo tão espetacular como o UAKTI em Belo Horizonte. Super exemplo de criatividade e compromisso com a música e a arte acima de tudo", escreveu. O artista ainda relembrou as parcerias do grupo de percussão com grandes nomes da música e até da dança. "Eles realizaram parcerias e participações históricas que levaram o nome de Minas para o mundo, com Milton, Philip Glass, Paul Simon, Grupo Corpo, e muitos outros... aliás, a parceria com o Grupo Corpo é pra mim o exemplo de sinergia total, Uakti e Corpo é a "goiabada com queijo", 1+1 = 3", completou.

O percussionista Tunico Villani também deixou sua mensagem. "Só tenho a agradecer esse grupo maravilhoso que me mostrou e me iniciou no caminho musical. Coisas como essa que você criou Marco, são eternas. Tudo de bom Mestre!!!", escreveu.

A DECISÃO
De acordo com a nota publicada por Marco Antônio, o fim do Uakti se deu por conta de "problemas internos, pessoais, tornaram impossível a continuidade do grupo". A segunda notícia triste é que o músico pretende vender todo o acervo de instrumentos, ferramentas, esculturas sonoras e projetos, o que poderia prejudicar a manutenção da memória do grupo.

Confira abaixo a nota da íntegra:

Pessoal,
muito grato pelas mensagens de carinho que me foram enviadas.
Saber de tantas pessoas que admiram meu trabalho, amam a minha música, me fez muito bem.
Preciso fazer aqui uma pequena declaração pública :
O Uakti acabou. Problemas internos, pessoais, tornaram impossível a continuidade do grupo.
Estou adotando agora o plano A, que são as aulas que voltei a dar aqui na antiga sede do Uakti -- esse curso, que chamo de "Oficina de Criação", lida com o processo de criação artística de forma ampla e é aberto a músicos, artistas de outras áreas, professores de arte e leigos. Quem está cuidando da formação de turmas é Julia Baumfeld -- juluabaum@gmail.com .
E aproveito para anunciar o plano B : estou colocando à venda tudo o que criei nos últimos 45 anos -- todos os instrumentos, todas as esculturas sonoras, material e método que criei para iniciação musical de crianças, toda a oficina com ferramentas e estoque de material para manutenção dos instrumentos, além de desenhos e projetos de peças que não cheguei a construir.
Não pretendo vender instrumentos ou objetos avulsos -- a idéia é negociar todo o acervo.
Se alguém souber de pessoas ou entidades que possam se interessar em adquirir todo esse material, favor enviar contatos.
Grato,
Marco Antônio

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA