Casais brasileiros unem experiências sonoras a viagens

Aventura de Lucas Mayer e Iris Fuzaro virou uma webserie

por Rebeca Oliveira 13/10/2015 13:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Facebook/ Reprodução
(foto: Facebook/ Reprodução)
Há quem dê a volta ao mundo para se autoconhecer. Outros, para aprender novos idiomas. Existem também os mais aventureiros, que viajam pelo simples prazer de fazer e desfazer as malas. Mas uma razão em particular tem levado alguns casais a desbravarem os quatro cantos do planeta: a música. Ela é a espinha dorsal do projeto Le tour du monde (ou uma volta pelo mundo, em tradução literal), em homenagem à famosa saga do escritor Julio Verne.

Ao contrário do escritor francês, que costumava viajar na imaginação e através de suas fantasias, o casal de Lucas Mayer e Iris Fuzaro decidiu largar empregos estáveis na capital paulista e disseram até logo a amigos e familiares. Ele é músico e ela, cantora e compositora. No início do ano, os dois partiram rumo a 10 países. Na bagagem, levam apenas uma câmera, um microfone e um notebook. O objetivo inicial era andar pelas ruas de diversas cidades e gravar músicas com os instrumentos que encontrassem pelo caminho.

“Tivemos a ideia depois de uma viagem que fiz sozinho para o Havaí. Escrevi uma música, Only, e fiz o arranjo com um ukulelê de oito cordas. Gravei e mostrei para a Iris”, recorda Mayer. A experiência completa tem sido retratada em uma websérie que pode ser assistida no YouTube. Os episódios vão ao ar a cada 15 dias, sempre às terças-feiras. No ano que vem, o projeto se tornará um documentário e um disco, que carregará a essência de cada cultura visitada. Como parceiro, a dupla conta com o diretor Bruno Jorge, premiado em Cannes, que tem captado toda a aventura.

 

 

Os episódios de Nova York, Londres e Amsterdã já estão disponíveis e têm alguns fãs famosos, como o músico Paulo Miklos, dos Titãs. “É uma delícia, uma maravilha. Querer ver mais e mais, viajar o mundo com eles entre canções e belos lugares. É para se namorar juntos. Boa viagem para todos nós, com eles”, contou o músico, em depoimento gravado a dupla. Budapeste, Istambul (Turquia), Atenas, Bangkok e Phi Phi (Tailândia), Bali (Indonésia), Tóquio, Los Angeles (EUA) e Tulum (México) são os próximos destinos de Lucas e Iris.

Som para ver


A iniciativa é semelhante à do casal Leo Longo e Diana Boccara, criadores do projeto Around the world in 80 music videos — ou Volta ao mundo em 80 videoclipes, em tradução livre. O nome é autoexplicativo: junta, a dupla especializada no assunto pretende percorrer o planeta no que acreditam ser a primeira série de produções de clipes pelo mundo. Em 18 meses, Leo e Diana saíram do país rumo a 20 países para gravar 80 bandas diferentes.

O primeiro videoclipe foi em Campos do Jordão (SP), quando fizeram um registro visual para a canção Eu era feliz, do Pato Fu. Em geral, eles gravam em plano sequência: ou seja, têm só uma chance para fazer o vídeo dar certo. A alta qualidade de som e imagem impressionou a quem imaginava que, por ser itinerante, o projeto teria qualidade ténica inferior a um clipe gravados aos moldes convencionais. Assim como o Le tour du monde, dá para acompanhar toda a saga também pelo YouTube. Eles passaram por Brasília e gravaram com o Móveis Coloniais de Acaju (uma versão visual para Copacabana) e o Scalene, em registro para a faixa Sublimação.

[VIDEO2]

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA