Mais pop do que nunca: confira crítica sobre o disco 'Bang! ' de Anitta

O álbum da cantora que será lançado apenas na próxima semana, vazou nesta sexta-feira na internet

por Diário de Pernambuco 11/10/2015 11:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Internet/Reprodução
(foto: Internet/Reprodução)
A cantora Anitta está realmente disposta a se tornar a representante da música pop no Brasil. Pelo menos é o que indica o disco Bang!, que será lançado oficialmente na terça-feira, mas que teve 13 faixas vazadas na última sexta na internet.

Esse é o terceiro disco da artista e que a deixa mais distante da batida típica do funk, o gênero que a levou ao sucesso. Essa impressão começa desde as imagens de divulgação do CD, que foram conceituadas por Giovanni Bianco, que trabalha com a Rainha do Pop Madonna, até, claro, nas batidas das canções que têm influências do pop, da black music e do reggae.

O clipe da música que dá título ao disco foi lançado na sexta-feira. Em seis horas, já atingiu a marca de 1 milhão de visualizações. O vídeo intensifica a vertente pop da artista.



Faixa a faixa


Bang!
A canção-título do álbum tem uma pegada pop, fica visível uma influência do gênero internacional. A primeira vista lembra a música Worth it, do grupo norte-americano Fifth Harmony.

Cravo e canela

A sonoridade da música tem uma similaridade com Zen, com flerte com a reggae music. A faixa tem participação de Vitin do grupo Onze:20. A participação do artista também aproxima a canção a música Cobertor gravada em parceria com Projota.

Parei
O pop domina o disco, mas em Parei o funk está de volta. O início da faixa dá outra impressão, mas a partir do refrão o batidão carioca aparece com tudo e promete agradar quem prefere a Anitta do início da carreira.

Essa mina é louca

Gravada em parceria com Jhama, do Trio Ternura, a música tem uma pegada samba-reggae e black music, além de ser uma faixa que poderia ter sido do Trio Ternura (claro) e do grupo carioca Melanina Carioca.

Atenção e Show completo

Mais duas faixas que misturam funk e música pop. Atenção é uma canção que lembra antigos hits da cantora, como Menina má.

Gosto assim

Assim como Rihanna, Beyoncé e a curitibana Karol Ká, Anitta trouxe o rap e a batida o dubstep -- que anda em alta -- para a canção Gosto assim. A faixa ainda tem participação deo rapper paulista Dubeat.

Volta amor

A canção tem uma sonoridade de décadas anteriores e o que chama atenção é a presença de um som que, provavelmente, deve ser de um ukelele.

Sim
O dueto com o grupo de rap Cone Crew promete agradar quem gostou de Cobertor gravado com Projota. É uma faixa um pouco mais romântica.

Pode chegar
Apesar de ser gravada com funkeiro MC Nego do Borel, não deve-se esperar um funk clássico. Há uma batida de música eletrônica, mas quando chega a parte do artista a batida carioca aparece com força, até dá a impressão de que são faixas distintas.

Eu sou do tipo

A letra da canção segue a mesma linha de Sou dessas, de Valesca Popozuda, listando vários "tipos" de mulheres. O som é o que espera-se de Anitta, uma música pop com algumas batidas de funk, característica que marca suas faixas desde o disco Anitta (2013), o seu primeiro por uma gravadora.

Deixa a onda te levar

Uma faixa mais "de bem com a vida" que traz a influência bastante visível desde Zen de que Anitta curte uma pegada do reggae em suas canções.

Me leva a sério
Mostrando que Anitta pode ser sim romântica, Me leva a sério tem uma letra e uma sonoridade um pouco parecida com Cobertor.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA