Sting quer se apresentar em Cuba antes de Mick Jagger

Notícia foi revelada pelo guitarrista Dominic Miller, que acompanha o cantor há 25 anos

por AFP - Agence France-Presse 08/10/2015 11:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

AFP PHOTO / SYLVAIN THOMAS
(foto: AFP PHOTO / SYLVAIN THOMAS )
Havana, 8 Out 2015 (AFP) - O cantor britânico Sting quer atuar em Cuba antes do líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, anunciou em Havana o guitarrista argentino Dominic Miller, que o acompanhou durante os últimos 25 anos.

"Sting deseja se apresentar em Cuba antes que Mick Jagger", disse Miller, sem dar detalhes, citado nesta quinta-feira pelo portal de notícias www.cubadebate.cu.


Miller, de 55 anos, que participou de todos os discos de Sting desde 1990, fará na noite desta quinta um show na Fábrica de Arte Cubana, um centro cultural em Havana, no qual fará uma homenagem ao cientista britânico da computação Timothy "Tim" John, durante a semana da cultura britânica na ilha.

Jagger, de 72 anos, que se encontra em uma visita privada em Cuba, poderá se apresentar pela primeira vez na ilha em março do ano que vem, como parte da turnê dos Rolling Stones pela América Latina em 2016.

Ao informar na segunda-feira sobre a visita de Jagger, o jornal oficial Granma destacou que estaria relacionado ao concerto, e citou declarações do guitarrista da banda, Keith Richards, segundo as quais o show ocorreria em março no Estádio Latino-americo de Havana, o maior campo de beisebol da ilha.

Sting alcançou a fama com a banda The Police, um trio que de 1977 e 1983 lançou muitas músicas com uma mistura de rock, pop e reggae, entre elas "Roxanne", "Message in a Bottle", "Can't Stand Losing You" e "Every Breath You Take", que se tornaram grandes sucessos.

Logo iniciou sua carreira solo que o levou por todo o mundo defendendo os direitos humanos, a ecologia e a luta contra a pobreza.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA