Primeiro contrato dos Beatles é vendido por meio milhão de dólares em leilão

Acordo foi registrado quando Paul McCartney e George Harrison sequer tinham alcançado idade legal de 21 anos

por AFP 29/09/2015 17:17

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Hamburg Strip Club/Reprodução
(foto: Hamburg Strip Club/Reprodução)
O contrato que lançou a carreira dos Beatles foi vendido em Londres nesta terça-feira, 29, por 365 mil libras (553 mil dólares), anunciou a casa de leilões Sotheby's. Este foi o único acordo escrito entre os quatro membros dos Beatles %u2014 John Lennon, George Harrison, Paul McCartney e Ringo Starr %u2014 e seu agente, Brian Epstein, morto por overdose de drogas em 1967 e muitas vezes chamado de "o quinto Beatle". Foi assinado no dia 1° de outubro de 1962, apenas quatro dias antes do lançamento de seu primeiro single, 'Love me do'. Os Beatles firmaram com Epstein quando Pete Best era ainda seu baterista. Depois de sua substituição por Ringo Starr, as duas partes tiveram que firmar um novo contrato. Nele, estão as assinaturas dos músicos e dos pais de Paul McCartney e George Harrison, que não tinham alcançado a maioridade legal de 21 anos. As cláusulas revelam que Epstein tinha gordas comissões sobre a carreira da banda: 10% dos ganhos sobre menos de 400 libras por semana, 20% dos variáveis entre 400 e 800 libras e 25% dos que superavam estas cifras. Em 19 de setembro foi leiloado em Nova York um contrato ainda mais antigo, que incluía Pete Best, por 75 mil dólares.
AFP PHOTO/JEWEL SAMAD
Registro de acordo aconteceu dias antes do lançamento de 'Love me do', primeiro single da banda (foto: AFP PHOTO/JEWEL SAMAD )


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA