Rihanna atrasa 30 minutos, mas faz público dançar no Rock in Rio

Principal atração da penúltima noite do festival, cantora fechou o sábado com chave de ouro e fez a espera valer a pena

por Agência Estado 27/09/2015 09:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Francisco Cepeda / AgNews
(foto: Francisco Cepeda / AgNews)
Rihanna subiu ao palco Mundo do Rock in Rio já na madrugada deste domingo, 27, às 0h45, só meia hora depois do combinado. Era difícil caminhar na Cidade do Rock, e ela surgiu quase discretamente, envolta numa nuvem de fumaça e luzes vermelhas. Óculos escuros e uma blusa amarela (que virou meme na web comparando com o uniforme de Walter White de 'Breaking Bad' - maldade).

O que se viu a partir daí foi uma espécie de avião em processo de decolagem em que até os milhares de deitados da Cidade do Rock tiveram que levantar para ver. Com uma garrafinha a tiracolo, conversando bastante com o público, foi preciso apenas duas canções para que o show atingisse velocidade de cruzeiro.


"Quatro anos? É demais. Vocês têm uns caras rudes aí esta noite?", perguntou antes de 'Rude Boy', um dos sucessos que fez tremer o Rock in Rio. O terremoto seria maior se o microfone de Rihanna estivesse um pouco mais alto. Lá de trás, era bem mais fácil identificar os efeitos da guitarra do que o vozeirão da musa pop. O problema foi resolvido depois da primeira parte do set.

O clima de romance que Sam Smith criou minutos antes foi transformado numa imensa pista de dança em um dos dias mais cheios deste Rock in Rio. Talvez por conta do atraso, Rihanna transformou diversas canções em trechos e emendou uma na outra. O show acabou pouco antes das 2h, com 'Bitch Better Have My Money' - seu single mais recente - e a chuva de 'dólares' prometida pelos fãs. Se não foi antológico, foi divertido. E suficiente.

Rihanna não é mais a mesma de 2011, quando se apresentou pela primeira vez no Rock in Rio. De volta ao festival, ela quer o trono de rainha do pop. Após a segunda apresentação da moça na Cidade do Rock, na noite deste sábado, 26, selecionamos 4 bons motivos para que a princesa de Barbados conquiste o lugar que lhe é de direito.

1. Libido lá em cima

Rihanna já polemizava quando estourou nas paradas de sucesso em meados de 2006. O tempo, entretanto, só lhe fez bem. No show deste sábado Rihanna sensualizou, brincou com o público e fez poses. Algo importante para quem almeja tal posto: a sensualidade.

2. Sucessos em massa

'Don't Stop The Music' e 'Umbrella' podem até ser cantadas em coro, mas o que se viu na noite passada no Rock in Rio foi um repertório que fugiu do óbvio. De 'Rude Boy' a 'Only Girl'. Rihanna tornou-se uma hitmaker sem ao menos perceber.

3. Carisma

Rihanna não se esforça para conseguir a empatia do público. Trata-se de algo natural. Assim que pisou no Palco Mundo, fez os fãs chorarem compulsivamente. Ela tem carisma. Isso é inegável.

4. Atrasadinha

Rihanna nunca foi de ser pontual. Em 2011, deixou o público esperando por mais de 1 hora. Desta vez, entretanto, o atraso foi considerável: 30 minutos. Fato é que o atraso de Rihanna é puro charme.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA