Esposa de Mano Brown, Eliane Dias revitalizou o Racionais MCs

No comando da produtora Boogie Naipe, advogada feminista é responsável pelo upgrade na carreira do grupo de rap mais famoso do Brasil

por Ângela Faria 18/09/2015 15:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Sem subir ao palco, sem cantar ao microfone, ela é estrela do rap brasileiro. Eliane Dias, de 45 anos, está à frente da produtora paulista Boogie Naipe, responsável por revitalizar a carreira do Racionais MCs, o mais importante grupo do hip-hop nacional. Sócia do marido Mano Brown na empresa, Eliane é filha de empregada doméstica, chegou a morar na rua com a mãe.

 

Adolescente, trabalhou como arrumadeira na casa de uma ex-namorada do compositor Toquinho e aprendeu com ela a gostar de Caetano Veloso e a prezar a liberdade feminina. Casou-se, criou dois filhos, formou-se advogada, assessorou a deputada Lecy Brandão e milita em núcleos anti-racismo e antiviolência doméstica. É feminista de carteirinha.

Em entrevista à edição deste mês da revista TPM, Eliane fala de sua relação com Mano Brown -- diz que o tirou da vida do crime, afirma que a fidelidade "não é o topo da lista de uma relação", conta que os integrantes do Racionais, 100% machistas, agora são 50% machistas --, mas deixa claro que tem luz própria.

 

Ganha o próprio dinheiro desde que se formou em direito, montou a produtora (com quatro mulheres na linha de frente) e praticamente impôs ao grupo que cantoras de rap abram os shows do Racionais. Avessa a drogas e a bebidas, tem um pacto com o marido nesse quesito: cada um cuida de seu espaço. "A repressão é péssima. A gente tem que se adaptar, cada um faz o que quiser, desde que não ultrapasse o espaço do outro".

Redbull/Youtube/Reprodução
Por trás dos Racionais, Eliane comanda grupo de mulheres conhecidas como ''as quatro mosqueteiras'' da produtora Boogie Naipe; para ela, grupo que era 100% machista agora é 50% machista (foto: Redbull/Youtube/Reprodução)
Eliane revelou à TPM que pretende produzir um documentário sobre a trajetória do Racionais, mas o projeto ainda está no início -- nem o diretor foi escolhido. Graças à sua determinação, o grupo fez turnê comemorativa dos 25 anos de carreira, o que rendeu aos rappers o prêmio Multishow de melhor show em 2014. O espetáculo foi apresentado em algumas das principais casas do país, inclusive o belo-horizontino Chevrolet Hall, novidade na carreira do Racionais.

A produtora também se empenhou para que saísse da gaveta 'Cores e valores', o primeiro disco de inéditas da banda 12 anos depois de 'Nada como um dia após o outro dia', de 2002, clássico do hip-hop brasileiro.

 

'Cores e valores' fez parte de todas as listas de cadernos culturais como destaque entre os lançamentos de 2014, considerado também pela revista especializada Rolling Stone como o melhor álbum brasileiro do ano passado. Nele, o grupo apresenta novas sonoridades e surpreende ao não repetir fórmulas que lhe garantiram sucesso.

Graças a Eliane Dias -- assessorada pela jornalista Ana Paula Alcântara, uma das 'quatro mosqueteiras' da Boogie Naipe --, Racionais MCs tem investido com sucesso no mundo virtual. O perfil do grupo no Facebook soma 6,6 milhões de seguidores. Canal oficial no YouTube, atenção ao Twitter e adesão ao Periscope são formas de a banda, que tem 26 anos e reúne os quarentões Mano Brown, Ice Blue, KL Jay e Edi Rock, tornar-se mais próxima da garotada digital.

 

Cabreiros em relação à mídia tradicional, os quatro têm participado de entrevistas on-line feitas por fãs. A agenda de shows é movimentada. Aliás, dia 16 de outubro, o grupo volta a BH para se apresentar no Bailão Venda Nova. Ingressos (de R$ 40 a R$120) já estão à venda na Central dos Eventos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA