Músicos mineiros comentam expectativa para os shows da Virada Cultural. Assista ao vídeo!

Luiz Gabriel Lopes, Thales Silva e Willian Rosa conversaram com o Estado de Minas sobre o evento. Iconili convida Marcos Valle; Graveola recebe Felipe Cordeiro e Di Souza; e A Fase Rosa faz enquete com fãs para escolha de músicas do show na maratona deste fim de semana em BH

por Fernanda Machado 12/09/2015 09:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Beto Novaes/EM/DA Press
(foto: Beto Novaes/EM/DA Press)
Ocupar as ruas da cidade e mostrar que a população de Belo Horizonte tem demandado cada vez mais esse tipo de iniciativa. É isso que os músicos Luiz Gabriel Lopes, Thales Silva e Willian Rosa acreditam ser um dos principais legados da Virada Cultural de BH. Além de compartilhar da mesma opinião, os três se apresentam no evento, com suas respectivas bandas, todas representantes da música produzida em solo mineiro.

Clique aqui e imprima a programação completa de sábado
Clique aqui e imprima a programação completa de domingo


O baixista Willian Rosa faz parte da big band instrumental Iconili, que abre o palco do Sesc Palladium com show hoje, a partir das 19h. Além do som dançante recheado de influências africanas, o grupo ainda presenteia a cidade com um convidado de honra, o cantor e compositor Marcos Valle. "Tivemos a grande sorte de poder convidá-lo. Ele vai tocar algumas músicas de sua autoria e outras do Iconili. Essa parceria iria ser feita, na verdade, com o Naná Vasconcelos, mas ele está passando por uma fase complicada, em tratamento de um câncer. Tivemos que remanejar e surgiu outra oportunidade maravilhosa", contou.

Já a banda A Fase Rosa, que traz Thales Silva nos vocais e no violão, toca no palco da Rua Guaicurus, às 16h de amanhã. O show será na sequência do cortejo do Bloco Juventude Bronzeada, encabeçado pelos integrantes da banda, que sai da Rua Sapucaí, no Bairro Floresta, em direção ao Centro da cidade. "No repertório, trazemos principalmente o último disco, Leveza. Mas também lançamos uma enquete na nossa página para a galera escolher duas músicas para tocarmos", explicou.

Comemorando 10 anos de carreira, a banda Graveola e o Lixo Polifônico também terá convidados no palco, o mineiro Di Souza e o paraense Felipe Cordeiro. O show será o último do palco da Guiacurus, e está marcado para as 19h de amanhã. "Queríamos nos conectar com o circuito da cidade. Nos últimos anos fomos muito para fora, e agora sentimos esta necessidade de fincar o pé mesmo, de cultivar uma relação mais próxima com este público que é a base do nosso trabalho", afirma o guitarrista Luiz Gabriel. "Este show vai ser significativo por essa contextualização com o ambiente urbano, com o espaço público, que é uma discussão na qual a banda tem se envolvido em alguma medida nos últimos anos.”

ASSISTA A ENTREVISTA COM OS MÚSICOS LUIZ GABRIEL LOPES, THALES SILVA E WILLIAN ROSA



VIRADA CULTURAL

Show do Iconili (hoje, às 19h, no palco do Sesc Palladium, Rua Rio de Janeiro, 1.046); show d'A Fase Rosa (amanhã, às 16h, no palco Guaicurus, Rua dos Guiacurus); show do Graveola e o Lixo Polifônico (amanhã, às 19h, no palco Guaicurus).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA