Compositores baianos levam o principal prêmio do 45º Festival Nacional da Canção

A música 'Corte e Costura', de Achiles Neto e Conrado Pera, foi eleita a melhor do festival, em final promovida na cidade de Boa Esperança

por Divirta-se - Correio Web 08/09/2015 12:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Festival Nacional da Canção/ Divulgação
Murilo Antunes e Toninho Horta recebem troféu em homenagem ao mineiro Fernando Brant (foto: Festival Nacional da Canção/ Divulgação)
A cidade de Boa Esperança recebeu, neste fim de semana, a fase final do 45° Festival Nacional da Canção. Composições de 22 estados concorreram ao troféu Lamartine Babo, porém os grandes vencedores foram os baianos Achiles Neto e Conrado Pera, de Vitória da Conquista, com a música 'Corte e Costura'. Essa foi a primeira vez que o festival concedeu seu prêmio máximo a artistas baianos, o que deixou a finalíssima ainda mais emocionante.

O segundo lugar foi para a faixa 'Agridoce', da banda mineira O Berço, de Patos de Minas. Já a terceira colocação ficou com Luis Dillah, de São José do Rio Preto (SP), com a canção 'De Cabeça'. O quarto lugar ficou com Ruan Andrade Nogueira, de Recife (PE), com a música 'Norte', seguido pela composição 'Espera', do paulista Dani Black, interpretada por Bruna Moraes.

O Festival Nacional da Canção ainda premiou os participantes em outras duas categorias: melhor interprete e música mais comunicativa. A primeira, quem levou foi Lula Barbosa, com a música 'A mão do tempo'. A faixa mais comunicativa, a latina 'Boca da Noite', foi composta por Laís Lacôrte de Belo Horizonte.

O evento ainda teve show de encerrramento com o cantor Renato Teixeira, e homenagem ao letrista Fernando Brant, morto em junho deste ano. Um troféu de reconhecimento pelo trabalho do mineiro foi entregue aos parceiros Murilo Antunes e Toninho Horta, pelas mãos do diretor do Festival Nacional da Canção, Gleizer Naves.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA