Virada Cultural de 2015 terá cerca de 600 apresentações espalhadas por 18 palcos

Evento terá atividades ligadas ao teatro, dança, circo, literatura, artes visuais, intervenções urbanas, cultura popular, gastronomia, artes integradas e música

por Ailton Magioli 02/09/2015 11:06

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
A banda Sepultura é uma das principais atrações (foto: Divulgação)
O primeiro show aberto da banda Sepultura na capital, em 30 anos de carreira, é a grande atração da Virada Cultural de Belo Horizonte, que chega à terceira edição nos dias 12 e 13 de setembro, com extensa programação das 19h de sábado às 19h de domingo, em 18 palcos: oito oficiais, oito parceiros e mais dois associados.

“É a apoteose, o esplendor da cultura da cidade”, empolga-se Leônidas Oliveira, presidente da Fundação Municipal de Cultura (FMC), ressaltando que serão mais de 600 apresentações envolvendo manifestações como teatro, dança, circo, literatura, artes visuais, intervenções urbanas, cultura popular, gastronomia e artes integradas, entre outras. Além da música, claro.
Orçada em R$ 3 milhões, com a PBH desembolsando R$ 1,7 milhão, enquanto o SESC MG, parceiro master, contribui com outro R$ 1 milhão, a Virada Cultural de Belo Horizonte deverá atrair de 450 mil a 500 mil pessoas para as ruas da capital, depois de contabilizar 300 mil e 400 mil, respectivamente, nas edições de 2013 e 2014.

Além da banda Sepultura, Ivan Lins & Orquestra Arte Viva, Grupo Molejo, Felipe Cordeiro, Chitãozinho & Xororó e Grupo Armatrux estão na agenda do evento, que também sediárá a 1ª Mostra Internacional de Violas de Arame do Brasil, com a participação de Chico Lobo e convidados portugueses. A abertura do evento, às 19h de sábado, será com show-tributo a Fernando Brant, cuja morte, coincidentemente, estará completando três meses no dia. Os eventos serão todos gratuitos, sem o uso de grades, como faz questão de ressaltar Leônidas Oliveira. A programação completa da 3ª Virada Cultural de Belo Horizonte pode ser acessada no site do festival, com datas e horários sujeitos a alteração.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA