Márcio Silva fala sobre o trabalho na ópera durante bate-papo em BH

O diretor artístico do Woodhouse Opera Festival aproveita o encontro para uma récita de obra de Claudio Monteverdi

por Carolina Braga 17/08/2015 08:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
DIVULGAÇÃO
O maestro mineiro Márcio da Silva, que participa de bate-papo nesta segunda-feira em BH (foto: DIVULGAÇÃO)
Uma oportunidade para falar da ópera sem as pompas que costumam cercar o gênero. É assim que o maestro Márcio da Silva planeja o bate-papo marcado para esta segunda-feira no anfiteatro do Pátio Savassi. Após o debate, haverá uma récita do último dueto de ‘L’incoronazione di Poppea’, de Claudio Monteverdi. Mineiro de Belo Horizonte, Silva vive na Europa há 12 anos. Atualmente está em Londres.

Ele é diretor artístico do Woodhouse Opera Festival e também se dedica a promover academias de ópera, voltadas para a formação de novos cantores, iniciativa que quer trazer ao Brasil.

Foram selecionados, por meio de currículo e gravação, 15 novos cantores para participar de um workshop com ele e também com a cravista Petra Hadjuchova, da República Tcheca, e a soprano Donna Macfadyen, da Inglaterra. “Durante uma semana, terão orientação didática e vamos preparar a montagem de uma ópera”, conta ele. Participarão cantores do Rio de Janeiro, de São Paulo e também de Belo Horizonte.

O resultado da academia realizada em Belo Horizonte deverá ser apresentado nos próximos dias 22 e 23, no Museu Inimá de Paula. A obra escolhida também é ‘L’incoronazione di Poppea’. Foi uma das pioneiras do gênero operístico. O enredo conta a história do imperador Nero, que mandou a mulher para o exílio para poder se casar com Poppea.

Márcio da Silva defende a ideia de que se deve desmistificar a ópera. “Não tem nada de especial se comparada com o cinema ou o teatro. São formas diferentes de arte”, ressalta.

Bate-papo com o maestro Márcio da Silva
Hoje, às 19h30. Anfiteatro do Pátio Savassi, piso L2. Avenida do Contorno, 6.061, Savassi, (31) 3213-4320. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA