Músicas inéditas de Amy Winehouse foram destruídas por gravadora

Executivo da Universal Music alegou que não queria "tirar vantagem" da britânica com lançamentos póstumos

01/07/2015 17:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Felipe Panfili e Roberto Filho / AgNews
Amy Winehouse durante show no Brasil. Documentário sobre vida da cantora estreia na sexta-feira (foto: Felipe Panfili e Roberto Filho / AgNews )
Músicas inéditas que a cantora britânica Amy Winehouse preparava para seu terceiro disco, sucessor de 'Back to black', foram destruídos pela própria gravadora da cantora. Segundo o executivo da Universal Music, David Joseph, a destruição das faixas foi uma questão moral. "Tirar vantagem dessa voz é algo que nunca aconteceria sob minha supervisão", disse em entrevista a Billboard.

Segundo Joseph, Amy preparou 14 faixas para o novo disco e o processo de composição das músicas só terminou semanas antes da britânica falecer. Com a destruição das demos de Winehouse, a última obra da cantora lançada será o disco póstumo 'Lioness: Hidden Treasures', de 2011.

Nessa sexta-feira será lançado o documentário 'Amy', que conta a história da artista desde a adolescência até a conturbada carreira artística. Assista ao trailer.
 
 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA