Momento nostalgia: Backstreet Boys e outros 10 ícones dos anos 1990

Boyband norte-americana começará neste sábado, em Olinda, turnê pela América do Sul. Belo Horizonte recebe show na terça-feira

por Luiza Maia 06/06/2015 13:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Chevrolet Hall/Divulgação
Show "In a world like this" foi lançado em meio às comemorações dos 20 anos de criação do grupo (foto: Chevrolet Hall/Divulgação)
Nick Carter, Brian Littrell, Howie Dorough, AJ McLean e Kevin Richardson não são mais os garotos de 20 e poucos anos - Nick tinha 16 quando a boyband estourou, na verdade - que roubaram a cena da música pop mundial em 1996, com músicas românticas e coreografadas. Mas, mesmo que tenham perdido a presença obrigatória no topo da lista dos mais vendidos, exibiram na quinta posição da Billboard In a world like this.

O disco mais recente, de 2013, foi lançado em meio às gravações do documentário Show ‘em what you’re made of, dirigido por Stephen Kijak em comemoração aos 20 anos do grupo. Repleto de discussões entre os integrantes e revelações sobre problemas vocais, de peso, de relacionamento com a família e com drogas, chegou aos cinemas em abril deste ano. Nas duas décadas, foram 130 milhões de álbuns vendidos.

O clima de nostalgia (mesmo que jovial, em se tratando da década de 1990) da noite da próxima terça-feira no Chevrolet Hall  é reforçado pelo retorno de Kevin, após seis anos fora do quinteto. Com a formação original, os Backstreet Boys voltam ao Brasil com a turnê de In a world like this. A primeira parada na América do Sul é o Recife, o que rendeu à cidade uma menção na legenda de uma selfie, curtida por 56 mil internautas, que o caçula publicou nas redes sociais, ainda no avião: “Estamos a caminho do Recife/Brazil. Mal posso esperar para ver todos os lindos fãs da América do Sul”. Daqui, eles seguem para o Rio de Janeiro (8 e 11), Belo Horizonte (9), São Paulo (12, 13 e 14), e Porto Alegre (15).

Expectativa lançada, o voo de Miami para o Recife atrasou 11 horas e o dia de descanso foi substituído pela viagem de oito horas. Apesar da tentativa de manter informações sobre a estadia na cidade em segredo, eles foram recebidos por fãs como a webdesigner Dany Chasez, de 29 anos. Em 2011, ela conseguiu conversas com os artistas durante as refeições e ainda em momentos de lazer, na piscina. Dany desembolsou cerca de R$ 2 mil para se hospedar no mesmo hotel que eles e mais R$ 1,1 mil para ingresso que dá direito a acompanhar a passagem de som, rodada de perguntas e respostas e sessão de fotos.

O pacote mais caro, de R$ 1,8 mil, incluía ainda acompanhar direto do palco trecho do espetáculo no qual os Backstreet Boys cantarão algumas músicas em momento acústico. Neste sábado, o grupo retoma sucessos como Everybody (Backstreet’s back), I want it that way e I will never break your heart. As canções embalaram milhares de covers amadores formados em escolas ou grupos de primos mundo afora, em dobradinha com as Spice Girls, a versão para as garotas, também descoberta mundialmente em 1995, com o disco Spice. Hoje, os Backstreet estão de volta. E os anos 1990 também.

VOCÊ LEMBRA?

Mangue
De Pernambuco para o mundo, Francisco de Assis França, mais conhecido como Chico Science, criou e foi criado pelo manguebeat, em meados da década de 1990. À frente da Nação Zumbi, deixou dois discos gravados.

Seriados
As séries de televisão ainda não tinham tanta visibilidade quando os agentes Fox Mulder e Dana Scully surgiram na telinha, em 1993, com Arquivo X. Também era a época de Seinfeld (foto), Plantão médico, Buffy, a caça-vampiros e Friends.

Pânico
No cinema, os anos 1990 marcaram o ressurgimento dos filmes “slasher”, um subgênero do terror que envolve assassinos psicopatas matando aleatoriamente. A série mais marcante foi 'Pânico'.

Grunge
Em 1991, foi lançado um álbum essencial para a chamada geração grunge. Nevermind, segundo disco do Nirvana, ainda hoje é considerado a última revolução do rock. Vendeu 30 milhões de cópias.

Animação
Toy story é conhecido por ser o longa-metragem de estreia dos estúdios Pixar e também o primeiro da história totalmente feito por computação gráfica. Foi lançado mundialmente em 1995.

Música
A novela Rainha da sucata fez a lambada virar hit. Ao mesmo tempo, o sertanejo ganhava força com Leandro & Leonardo, o pagode fazia sucesso com Raça Negra, o samba, com Zeca Pagodinho, e o axé music, com É o Tchan (foto).

Adulto
Quando a década de 1990 começou, Os Simpsons já existia e ficava cada vez mais popular. Aos poucos, surgiram novas “animações adultas”, como Ren & Stimpy, Beavis e Butt-Head, South park, King of the hill e Family guy.

Videogame
O videogame invadiu as casas - e veio acompanhado do Tamagotchi. O Super Nintendo surgiu em 1990, com Super Mario e Street fighter, para disputar espaço com o Mega Drive, do fim da década 1980. O Playstation chegou em 1994.

Anime
A chegada ao Brasil do anime Cavaleiros do Zodíaco (foto) fez ressurgir a Manchete e abriu espaço para sucessos japoneses. Pokémon, Dragon Ball-Z e Power Rangers eram atrações de sucesso. 

Mister M
A voz rouca de Cid Moreira anunciava, aos domingos, a aparição de Mister M, o “príncipe negro dos sortilégios”, em quadro do Fantástico. Em 1999, o dedo-duro revelou vários truques utilizados pelos mágicos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA