Uma noite inesquecível com Toninho Horta e Alaíde Costa em BH

Acompanhada do violão do compositor mineiro, Alaíde entoou uma das árias de 'Bachianas brasileiras', de Villa-Lobos, e recebeu os aplausos da privilegiada plateia

por Ailton Magioli 24/05/2015 14:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução Facebook / Estação Santê
Toninho Horta e Alaíde Costa subiram ao palco do 'Estação Santê', em BH, neste sábado (foto: Reprodução Facebook / Estação Santê)
As noites de Santa Tereza jamais serão as mesmas depois da madrugada deste sábado (24/05), quando, para a surpresa de pouquíssimos privilegiados, a cantora Alaíde Costa, acompanhada ao violão por Toninho Horta, entoou uma das árias das 'Bachianas brasileiras', de Villa-Lobos, que emendou com a 'Melodia sentimental', do mesmo compositor.

A cena se deu no bar Estação Santê, onde Alaíde e Toninho combinavam com o produtor Geraldo Rocha a gravação, no domingo, do clipe de divulgação do CD 'Mais que bons amigos' (o título é provisório) que os dois gravaram com repertório de canções do violonista mineiro. "Como minha música é meio melodiosa, as cantoras acabam ficando com receio de interpretá-la", dizia Toninho, que já teve composições gravadas pela diva da bossa nova.

Na mesma madrugada, ao violão, ele acompanhou Alaíde em 'Ilusão à toa' e 'Eu e a brisa', de Johnny Alf; 'Me deixa em paz', de Monsueto; 'Travessia', de Milton Nascimento e Fernando Brant; e 'Estrada branca', de Tom Jobim.

Toninho acaba de compor 'Com você', ainda sem letra, para a amiga Alaíde. A composição remete à gravação feita por ela, na década de 1960, de 'Sem você', de Baden Powell. 'Agora fiz 'Com você' pra ela, a letra vai traçar um paralelo entre as duas composições', contou Toninho. Emocionada, Alaíde ouvia tudo quietinha.

A plateia de privilegiados aplaudiu o canto indelével da cantora, que atrai gerações de fãs da MPB.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA