Música de Beto Guedes é vetada como hino ecológico de BH

Vereador Pablito propôs que a música 'O sal da Terra', de Beto Guedes e Ronaldo Bastos, se tornasse o Hino Oficial Ecológico do Município de Belo Horizonte, mas proposta foi vetada pelo prefeito Márcio Lacerda

por Fernanda Machado 21/05/2015 09:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Livia Bastos/Divulgação
(foto: Livia Bastos/Divulgação)
Uma Proposição de Lei no mínimo inusitada chamou atenção nesta quinta-feira, após veto do prefeito Márcio Lacerda, publicado no Diário Oficial do Município. De autoria do Vereador Pablo César-Pablito (PSDB), a matéria versa sobre o reconhecimento da canção 'O sal da Terra', de Beto Guedes e Ronaldo Bastos, como Hino Oficial Ecológico do Município de Belo Horizonte.

Antes de se submeter à aprovação ou veto do prefeito, o Projeto de Lei foi aprovado em três comissões na Câmara Municipal: De Legislação e Justiça, De Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo e Comissão de Orçamento e Finanças Públicas. O PL também foi aprovado em primeiro e segundo turno no plenário.

A justificativa de Márcio Lacerda para o veto da Proposição se baseia na  Lei Municipal nº 6.938, de 16 de agosto de 1995, que afirma que símbolos do município como brasão, bandeira e hino devem ser criados mediante concurso público ou contratação de artistas de renome. Dessa forma, "a escolha do Hino Oficial Ecológico do Município deveria ser realizada mediante um processo democrático e participativo".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA