Amelinha e Zeca Baleiro cantam juntos em show em BH

Artistas se apresentam nesta quarta-feira no Teatro Bradesco

por Carolina Braga 21/05/2015 09:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rama de Oliveira/divulgação
O cantor Zeca Baleiro (foto: Rama de Oliveira/divulgação)
A fonte deles é a mesma. Bebem na cultura popular nordestina. Sempre foram rodeados dos universos musicais de Luiz Gonzaga e João do Vale. Têm lá também seus flertes com o universo pop pós-Beatles. Mas quem escuta pode assegurar que a música de Amelinha não tem nada a ver com a de Zeca Baleiro. “O bom mesmo é a troca com os diferentes, não com os iguais”, resume Baleiro.

O cantor e compositor maranhense é o convidado de Amelinha para o show 'Janelas do Brasil', no Teatro Bradesco. Registrado em DVD em 2012, o álbum terá repertório ampliado na apresentação ao vivo. Serão apresentados temas inéditos de Alceu Valença, Chico César e releituras de canções de Marcelo Jeneci, Renato Teixeira e outros.

“Este show tem momentos incríveis, matadores, como Amelinha cantando Beto Guedes ou Belchior. De chorar”, adianta Zeca. Juntos, eles apresentarão 'Asa partida' (Fagner/Abel Silva) e 'Flor da paisagem' (Robertinho de Recife/Fausto Nilo). 'O silêncio', composição de Zeca gravada no álbum, fica a cargo da cantora. “A primeira vez que ouvi essa versão pensei ‘nunca mais canto essa canção, não me pertence mais’, tal a força com que ela chamou pra si aquele texto e aquela melodia”, comenta o autor.

Segundo ele, a cada novo convite que recebe se surpreende com a experiência. “Ela é uma grande intérprete, tem um timbre lindo, agreste, e canta com muita emoção, muita inteireza.” Amelinha, por sua vez, também rasga seda para o companheiro de palco, considerado por ela um pensador da música brasileira. “Pensador é o Gabriel. Isso é delicadeza da Amélia. Sou no máximo um pensador de botequim, um pensador selvagem”, brinca.

Amelinha convida Zeca Baleiro
Quinta-feira, 21, às 21h. Teatro Bradesco (Rua da Bahia, 2.244, Lourdes, 31-3516-1360). R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA