Cantora recebe ameaças por música que debocha de 'bombados'

'Cambada de bombado' é uma sátira com rapazes que gostam muito de academia. Um homem ficou ofendido e disse que Elaine Cés morreria 'com um tiro na cabeça'

por Fernanda Machado 16/05/2015 09:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução / Youtube
(foto: Reprodução / Youtube)
Na semana passada, um internauta postou o clipe de uma quase desconhecida cantora de sertanejo do interior de São Paulo, em um perfil aleatório em uma rede social. Poucos dias depois, a música que zombava dos “marombados”, com versos “braços parecem de touro e canela de canudo”, alcançou 2 milhões de visualizações. Infelizmente, nem todo mundo achou graça na brincadeira: Elaine Cés, a responsável pela obra, foi, em pouco tempo, de semi-anônima a ameaçada de morte. O motivo são versos como estes:

“Eu não to mais aguentando, acho isso um absurdo
Os braços parecem um touro e as canela um canudo.
Não importa a barriguinha, mulher gosta é da pegada,
homem é igual vassoura, sem o pau não vale nada”


A música, na verdade, foi criada há três anos. Elaine conta que nem conhece pessoalmente a pessoa que publicou o vídeo e só foi descobrir a enorme repercussão da música quando o clipe atingiu a marca das 400 mil visualizações.

Foi então que começou a receber ameaças de um homem ("bombado, claro"): ele publicou que ela morreria com um tiro na cabeça, e fez referência à morte de MC Daleste (o funkeiro assassinado no começo do ano). Em seguida, enviou mensagens privadas, dizendo que treinava há mais de 20 anos e a música dela tentava ofender e arruinar isso. “Imagina, nem conheço esse homem. Tenho nada a ver com isso”, ironiza Elaine. Depois das ameaças, o usuário deletou o vídeo da rede social - mas continua no YouTube, agora com 70 mil visualizações.

Desde que criou a música, Elaine recebeu algumas ameaças “bobas, nada muito sério”, explica. Todas de homens ofendidos com a letra. Mas dessa vez foi diferente, ela nunca havia sido ameaçada de morte e achou melhor fazer um boletim de ocorrência. Apesar da orientação da polícia para processá-lo, ela preferiu “não mexer com isso”.

A cantora acha que o motivo de receber tantas ameaças e xingamentos é uma questão de gênero. Se fosse homem, todos levariam na brincadeira. No sertanejo, “tem muita porta aberta para homem, para duplas” e para mulher não, desabafa.

“Era só uma brincadeira. Meus amigos 'são tudo' bombadinho”, brinca. A música faz muito sucesso em São José do Rio Preto e ela sempre chama os “bombados” pra subirem ao palco, durante uma performance. Elaine, em nota publicada nas redes sociais, pediu desculpas caso tenha ofendido alguém, mas afirmou que vai continuar cantando a música.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA