Flávio Venturini lança songbook com show nesta sexta em Belo Horizonte

Cantor e compositor celebra edição do livro que reúne boa parte de sua obra e até canções alheias que ficaram marcadas em sua voz

por Mariana Peixoto 08/05/2015 09:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rafael Motta/Divulgação
(foto: Rafael Motta/Divulgação)
'“Música pode ser o combustível de alta octanagem que nos tira do cotidiano e acelera nossa imaginação.” Murilo Antunes traduz dessa maneira 45 anos de amizade e parceria com Flávio Venturini na introdução do songbook que reúne 60 composições do cantor, compositor e instrumentista belo-horizontino.

Projeto da Neutra Produtora/Ultra Music que dá sequência aos livros já lançados de Beto Guedes e Lô Borges (o próximo será o de Milton Nascimento), ganha nesta noite show de lançamento, no Teatro Bradesco. O livro, que nesta sexta-feira será traduzido em show, dá uma perspectiva clara de uma carreira nascida nos anos 1970 e que já passou por diferentes fases.

A seleção das partituras, realizada por Carlos Laudares e Cláudio Faria, em parceria com Venturini, abarcou canções d’O Terço, seu primeiro grupo, Clube da Esquina, movimento que integrou, 14 Bis, além da carreira solo, tanto como cancionista como compositor de temas instrumentais.

Venturini tem pelo menos 200 músicas gravadas. Dessa maneira, teve que passar um pente fino para a realização do songbook. Ele tem um projeto anterior do gênero, realizado em 1999 pela editora Irmãos Vitale. Mas, naquele primeiro livro, apenas 25 músicas tiveram suas partituras transcritas.

“(No novo livro) Procurei primeiro incluir as músicas mais importantes e ainda selecionar pérolas que estavam escondidas nos discos. Repeti poucas do anterior. A ideia era reunir o trabalho tanto para quem quer conhecer minha obra mais a fundo quanto para aqueles que estão começando a estudar música”, afirma Venturini.

Escolheu parcerias com os letristas mais representativos de sua carreira (Murilo Antunes, Márcio Borges e Ronaldo Bastos). Ainda pinçou temas instrumentais, bem como três músicas que não são de sua autoria, mas são importantes em sua discografia: 'Clube da Esquina nº2' (Lô e Márcio Borges e Milton Nascimento), 'Máquina do tempo' (Aggeu Marques) e 'Sob o sol do Rio' (Cláudio Faria).

Para o show de lançamento, Venturini vai apresentar este repertório ao lado de César Santos (guitarra e violão), Aloísio Horta (baixo), André Godoy (bateria) e Christiano Caldas (teclados). Nesta viagem no tempo, vai interpretar desde as obrigatórias 'Todo azul do mar', 'Espanhola' e 'Planeta sonho' até canções que há muito não executava ao vivo, como 'São Tomé', 'Andarilho da luz' e 'Cidade veloz'.

Além de BH, a apresentação neste formato irá para São Paulo, em data a ser definida, e Salvador, em 12 de junho. O show do songbook é o sétimo projeto em que Venturini está envolvido atualmente. Ele contabiliza ainda apresentações de 'Noites com sol', que celebra os 20 anos do álbum homônimo; 'Venturini' (2013), de seu disco mais recente; 'Encontro marcado', ao lado de 14 Bis e Sá e Guarabyra; com a Orquestra Sinfônica UFMT (Cuiabá), com quem planeja um álbum; com O Terço; e um em formato instrumental.

FLÁVIO VENTURINI
Show de lançamento do songbook. Nesta sexta-feira, às 21h, no Teatro Bradesco, Rua da Bahia, 2.244, Lourdes, (31) 3223-2916. Ingressos: R$ 75 e R$ 37,50 (meia).

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA