Beija flor adia visita a BH para discutir enredo sobre o mineiro Marquês de Sapucaí

Integrantes da agremiação chegam à capital na próxima semana para encontro com representantes da Secretaria de Turismo do Estado e de Nova Lima na Cidade Administrativa

por Fernanda Machado 30/04/2015 11:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

AFP/Photo - Reprodução
Desfile da Escola de Samba Beija-Flor, em 2015, e possível homenageado de 2016, o novalimense 'Marquês de Sapucaí' (foto: AFP/Photo - Reprodução)
A viagem de integrantes da escola de samba Beija-Flor a Belo Horizonte, prevista para a manhã desta quinta-feira, foi adiada para a próxima semana por conta das más condições climáticas no Rio de Janeiro. Os representantes da agremiação seriam recebidos na Cidade Administrativa por equipes das Secretarias de Turismo Estadual e de Nova Lima. Os cariocas têm como plano levar à avenida a história do Marquês de Sapucaí, filho ilustre do município novalimense.

 

Leia mais sobre o Marquês de Sapucaí, nascido em Nova Lima

 

De acordo com Pedro Dornas, diretor de departamento da Secretaria Municipal de Esportes de Nova Lima, a futura visita servirá para que integrantes da Beija-Flor conheçam ainda mais a história do Marquês de Sapucaí, além de comunicar ao Governo do Estado a vontade de homenagear o novalimense no carnaval carioca. "Eles estão vindo apresentar a ideia e sondar algum possível apoiador", comenta Dornas.

OFERTA MILIONÁRIA
Campeã do Carnaval 2015 com enredo polêmico que homenageou a Guiné Equatorial – país que vive sob ditadura e patrocinou o desfile - a Beija-Flor de Nilópolis já teria recebido outras propostas de enredo para a folia do ano que vem. Uma delas teria sido do ex-jogador de futebol Ronaldo Fenômeno, por meio de sua empresa 9ine. O tema escolhido foi 'Fenômenos do esporte', aproveitando o gancho das Olimpíadas no Rio, e o ex-atleta teria oferecido patrocínio de R$6 milhões.

"Apesar de existirem outras ofertas, o carnavalesco da Beija-Flor parece bem animado com a ideia do Marquês de Sapucaí. Temos percebido que eles querem fazer, mesmo sem um grande patrocínio", revelou Dornas.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA