Poesias de Mário Quintana viram musical em Belo Horizonte

Trabalho da mineira Irene Bertachini e do paulista Cristiano Gouveia será apresentado neste final de semana

por Carolina Braga 24/04/2015 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leandro César/Divulgação
A cantora mineira e o músico paulista Cristiano Gouveia: poesias de Mário Quintana transformadas em espetáculo lúdico (foto: Leandro César/Divulgação)
O universo das crianças nunca foi estranho para a cantora, compositora e flautista mineira Irene Bertachini. Mesmo assim, transformar em música as poesias que Mário Quintana reuniu no livro 'Lili inventa o mundo' se tornou um delicioso desafio que recebeu do paulista Cristiano Gouveia. Assim nasceu o musical infantil 'Lili canta o mundo', atração de hoje e amanhã no Teatro da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa.


“A maior parte do espetáculo é um show, mas que tem vários elementos cênicos”, explica a cantora. O repertório é composto por 13 canções. Todas elas giram em torno do mundo de Lili, a protagonista da obra do poeta. “Não tem uma história em si, mas o universo da criança, com brincadeiras e outros elementos que são muito legais para trabalhar a musicalidade”, acrescenta Irene, que também é educadora musical.

Além da dupla de compositores, participam do espetáculo a contadora de histórias Aline Cântia, a percussionista Natália Mitre, o violonista e inventor de instrumentos Leandro César – que inclusive assina a direção musical – e a violoncelista Erica Beatriz Navarro. Eis aqui outra atração de 'Lili canta o mundo': até os instrumentos chamam a atenção da garotada.

A formação tem violão, flauta transversal, mas também caixa de folia, apitos, guizos, sinos, violoncelo, viola, ukelelê, pífano e outros. “As crianças piram com as marimbas”, conta Cristiano. Ele e Irene buscaram fidelidade às palavras originais de Quintana na composição musical e ainda oferecem obras inéditas. “Fizemos outras três canções a partir das histórias que estão no livro”, diz a cantora. Uma é sobre o peixe que brinca com o homem, outra é dedicada ao poeta e a última inspirada na personagem Lili. “Acredito em projetos como esse, que dão valor à poesia e reúnem uma gama grande de expressões artísticas: a literatura, a música, a contação de histórias”, ressalta Irene. “Queremos mostrar para a criança que o poema é mais um brinquedo”, completa Cristiano.

'Lili canta o mundo'
Sexta, às 9h30 e às 14h; amanhã, às 18h, Teatro da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa (Praça da Liberdade). Sábado, às 11h, Escola Municipal Jardim Felicidade (Rua Expedicionário Jesus Ramos, 250 – Conjunto Felicidade). Segunda, às 10h. Biblioteca Comunitária Casa de Sofia (Rua dos Mensageiros, 30 – Bairro Capitão Eduardo). Entrada franca, com distribuição de ingressos uma hora antes de cada sessão.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA