TIDAL: artistas se unem para novo serviço de música streaming

Com a promessa de uma melhor qualidade de música on-line, Madonna, Beyoncé, Jay Z, Rihanna, Calvin Harris e outros lançaram a plataforma hoje em Nova York

por Fernanda Machado 30/03/2015 21:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
JAMIE MCCARTHY / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP
(foto: JAMIE MCCARTHY / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)
 O Spotify que se cuide, o TIDAL está chegando. A plataforma de streaming, que é a primeira a contar com músicos em sua direção, foi lançada nesta tarde, em Nova York. O time formado por Alicia Keys, Arcade Fire, Beyoncé, Daft Punk, Jack White, Jason Aldean, Chris Martin, Calvin Harris, J. Cole, Jay Z, Kanye West, deadmau5, Madonna, Nicki Minaj, Rihanna e Usher, subiram ao palco para apresentar o serviço, que entra para competir com Spotify, o maior até agora, Pandora, Rdio e Youtube, com a promessa de 'alta fidelidade à música'. 

Durante o evento de lançamento, Alicia Keys discursou sobre a importância de artistas para implantar o serviço de música on-line e o diferencial oferecido. ''Nós estamos unidos hoje na esperança de ser mais um desses momentos que para sempre vamos mudar a história da música'', disse a cantora. ''Nossa meta é simples. Nós queremos criar um serviço serviço melhor e uma experiência diferenciada para os fãs e o artista. E essa é a nossa promessa. Nossa missão vai antes do comercial, antes da tecnologia. Nossa intenção é preservar a importância da música em nossas vidas'', completou Keys. 

 O Tidal já existia, com o nome de Aspiro, e foi comprado por US$ 56 milhões por Jay Z. Em entrevista para BillBoard, o rapper revelou que decidiu entrar no ramo da música streaming há quase um ano e meio atrás por não concordar como as atuais plataformas funcionam. ''Nós não gostamos da direção que a música está tomando e pensamos que poderiamos oferecer um serviço honesto'', disse ele, ''e se nós pudermos fazer as pessoas acordar para a diferença do serviço pago para o gratuto, e promover uma marca confiável, será uma grande vitória''. 

O serviço de streaming vai ser o único a transmitir música no formato LossLess (sem perda de qualidade). A previsão é de que os planos de assinatura estejam entre R$ 30 e R$ 60. O preço é justificável. Além de transmitir a melhor qualidade de música, o Tidal também terá a maior biblioteca: mais de 25 milhões de músicas, 75 mil vídeos e conteúdo exclusivo com entrevistas e artigos.
 
 
 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA