Com chuva, Interpol faz show em tons de cinza no Lollapalooza

Trio de Nova York trouxe rock 'asseado' ao palco de Interlagos, neste domingo

por Agência Estado 29/03/2015 19:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Joshua Bryan / AgNews
(foto: Joshua Bryan / AgNews)

Há dez anos, poderia parecer que hoje o Interpol, banda que já começa a ser veterana, de Nova York, seria até headliner de um festival como o Lollapalooza. A promessa meio que não se cumpriu e eles tocaram no meio da tarde deste domingo, 29, nesta quarta edição do festival.


O trio de NY (que toca com dois músicos de apoio nas turnês) fez um show em tons de cinza, embora o vermelho seja a cor predominante de 'El Pintor', álbum de 2014 que recebeu resenhas variadas.


Donos de um rock seguro, calcado nos efeitos da semi acústica encorpada de Daniel Kessler, a banda combina bem com a chuva que começou a engrossar no momento em que eles subiram ao palco.


'Evil' (do bom album 'Antics', de 2004) e a mais recente 'Everything is Wrong' foram momentos em que banda e público estiveram em sintonia: o rock asseado e bonito do Interpol é bom de olhar e ouvir.


Prova disso é a canção NYC, um dos primeiros singles da banda, em que Paul Banks canta com uma concentração que não permite questionamento: "New York Cares".


Um pouco de calmaria no palco que, há pouco, recebeu o par de baixos do Molotov. O som do palco Axe, novamente, vazou para o Skol, principal do evento e onde o Interpol tocou.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA