Gustavito & A Bicicleta lança 'Quilombo oriental' com shows neste fim de semana

Apresentações acontecem neste sábado e domingo, no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna

por Walter Sebastião 20/03/2015 08:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Henrique Boceli/Divulgação
(foto: Henrique Boceli/Divulgação)
Saiu o novo disco de um artista que merece atenção: 'Quilombo oriental', de Gustavito & A Bicicleta, que vai ser lançado com shows no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna. Trata-se do segundo CD do arranjador e multi-instrumentista integrante do coletivo Casa Azul, que reúne criadores de várias áreas. Ele traz 11 composições, a maioria de Gustavito com diversos parceiros, mas também de outros autores. O trabalho chama a atenção por um aspecto simples, mas desenvolvido de forma contundente: o capricho em ritmos, melodias, harmonias, letras, arranjos, interpretações vocais e instrumentais. A inventividade seduz.

“Me deixa feliz a sonoridade do disco passar uma sensação boa. Dá vontade de dançar e de movimentar a energia interior das pessoas”, afirma Gustavito. Ele explica que se trata de projeto amadurecido durante três anos junto com a banda, o que trouxe unidade, organicidade musical e, sobretudo, a reafirmação do sentido de experiência coletiva que a música tem. Está no disco a estética que evoca a espiritualidade e a música indiana, mas com os pés fincados nos batuques africanos. Esse aspecto vem do desejo de articular arte popular e transcendência, afirma Gustavito, lembrando-se do verso “flor de lótus dos tambores”.

KRISHNA
O título 'Quilombo oriental' vem de uma composição de Paulo César Anjinho feita para o bloco Pena de Pavão de Krishna, um dos destaques do carnaval de BH. Também está no disco 'Aflorou', de Rafael Fares, escrita para o grupo. O Pena de Pavão mexeu com Gustavito. “Participar do bloco trouxe a oportunidade de dar forma física à ideia que sempre tive dentro de mim: trazer a espiritualidade para o mundo real”, conta, avisando que acredita na “espiritualidade expandida”, que não se restringe a um culto ou religião.

A gravação das músicas atendeu também a pedidos do público nos shows. “Minha grande inspiração vem dos meus contemporâneos, parceiros e amigos. Gente que faz música autêntica, de hoje”, afirma Gustavito. O artista está de partida para uma residência musical na França, onde fará turnê. Ele vai à Europa pela sexta vez, mas pela primeira apresentará seu trabalho autoral. “As viagens têm ajudado a dar visibilidade. Triste é constatar que é mais fácil o artista brasileiro circular fora do Brasil do que no país”, lamenta.

Gustavito sugere ao ouvinte de seu novo disco atenção aos arranjos vocais (assinados por Rafael Martini e Rafael Pimenta) presentes especialmente em Quinhentas gargalhadas' e 'C’est la', trabalho das cantoras Luana Aires, Irene Bertachini e Deh Mussulini. O grupo A Bicicleta é formado por Yuri Vellasco (bateria), Pablo Passini (guitarra), Felipe José (contrabaixo) e Christiano de Souza (percussão). O show conta com participação especial da clarinetista Joana Queiroz.

QUILOMBO ORIENTAL
Show de lançamento do disco de Gustavito & a Bicicleta. Sábado, às 21h, e domingo, às 19h. Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, Avenida Afonso Pena 4.001, Mangabeiras, (31) 3229-3131. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$10 (meia-entrada).

Ouça faixas do disco 'Quilombo Oriental':

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA