Cantora St. Vincent é impedida de deixar Chile após tocar no Lollapalooza

Festival originado nos EUA tem edições realizadas no Brasil, Chile e Argentina desde 2011

por Correio Braziliense 19/03/2015 10:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)
Prestes a se apresentar no Lollapalooza Brasil, no próximo sábado, a cantora e guitarrista Annie Clark - que responde pelo nome artístico de St. Vincent -, foi impedida de deixar o Chile depois de uma confusão na edição chilena do evento, que ocorreu em 14 e 15 de março.

A artista norte-americana, que foi muito aplaudida pela apresentação, não teria gostado do camarim, decorado com obras da artista plástica chilena Constanza Ragal. Por razões desconhecidas, as duas teriam discutido e St. Vincent teria quebrado os quadros da artista, que decidiu processá-la judicialmente, exigindo um pagamento de US$ 4,5 mil.

Devido ao problema judicial, a cantora não tinha permissão para deixar o país. Na terça-feira, ainda de acordo com a publicação, as duas teriam se reunido para resolver a questão e Annie Clark foi liberada para deixar o Chile.

St. Vincent tem show marcado no Paraguai na quinta-feira, e tocará no Lollapalooza Argentina antes de se apresentar no Brasil. Ela sobe ao palco na mesma noite que nomes como Jack White, Kasabian, Robert Plant e Alt-J.

Confira St. Vincent com Birth in reverse:

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA