Plágio? Família de Marvin Gaye pensa em processar Pharrell pelo hit 'Happy'

''Não vou mentir, acho que as duas músicas se parecem'', disse Nona Gaye, filha de Marvin.

por Fernanda Machado 12/03/2015 15:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução
(foto: Reprodução)
A família de Marvin Gaye parece estar de marcação com Pharrell. Após vencer o processo contra o produtor e Robin Thicke pela faixa 'Blurred Lines', a família de Gaye quer acertar as contas por causa da semelhança do hit 'Happy' com 'Ain't That Peculiar', do soulman. ''Não vou mentir, acho que as duas músicas se parecem'', disse Nona Gaye, filha de Marvin, à rede americana. 
 

Na terça-feira, 10, a justiça dos EUA condenou Pharrell e Robin Thicke a pagar US$ 7,4 milhões à família de Marvin Gaye – o argumento é de que eles teriam copiado elementos de ''Got to Give it Up'' (1977). 
 
A decisão pode implicar não só no bolso de Williams e Thicke. Segundo especialistas e advogados, o julgamento pode redefenir o significado da infração aos direitos autorais para artistas da indústria fonográfica. 
 
Compare as faixas:
 
 
 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA