Fãs fazem fila em busca de ingressos para o show de Maria Bethânia

Cantora se apresenta na capital nos dias 8 e 9 de maio

por Fernanda Machado Ailton Magioli 11/02/2015 10:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Edésio Ferreira/EM
Fãs se organizam no Palácio das Artes. Filma aumentou perto da hora de abertura das bilheterias (foto: Edésio Ferreira/EM)
Em comemoração aos seus 50 anos de carreira, a cantora Maria Bethânia vem a BH só em maio para apresentar sua turnê 'Abraçar e agradecer', mas as entradas para os espetáculos começaram a ser vendidas nesta quarta-feira, e já atraem os fãs.

Por volta das 10h, horário do início das vendas, cerca de 100 pessoas já aguardavam no Palácio das Artes. O primeiro na fila era o contabilista Welber Chaves, 55 anos, do bairro João Pinheiro. Fã da cantora desde 1976, Welber chegou às quatro da manhã no teatro para comprar cinco ingressos. “Quando cheguei não tinha ninguém, só algumas ‘entidades’”, brinca. Welber conta ainda que gosta de assistir os shows na primeira fileira e como geralmente são os primeiros a esgotar (e a compra pela internet “nem sempre é confiável”) preferiu chegar cedo.

Grupos de amigos também esperavam na fila. Um deles era liderado pelo professor Vandir Fernandes, 66 anos, do bairro Bom Jesus. Vandir e seus companheiros já assistiram ao show da turnê ‘Abraçar e agradecer’ no Rio de Janeiro e aguardam para presenciar mais uma vez o espetáculo, desta vez em BH.

A expectativa dos funcionários do Palácio das Artes é que as entradas se esgotem antes das 14h, “muito natural em shows de música brasileira” diz o segurança Cléber Soares. A observação é baseada na experiência de Brasília, onde os ingressos se esgotaram em três horas. Serão 1.700 entradas disponíveis para cada dia, custando R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia). Maria Bethânia apresenta sua turnê comemorativa ‘Abraçar e agradecer’ em Belo Horizonte nos dias 8 e 9 de maio.

Edésio Ferreira/EM
Expectativa é que os ingressos se esgotem antes das 14h (foto: Edésio Ferreira/EM)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA