Filha de Whitney Houston terá aparelhos desligados no dia em que a mãe morreu, diz site

De acordo com publicação, família pretende realizar eutanásia de Bobbi Kristina nesta quarta-feira, que marca três anos da morte de Whitney

por Fernanda Machado 10/02/2015 16:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Instagram/Reprodução
Aos 21 anos, Bobbi Kristina foi encontrada inconsciente em banheira: circunstâncias do incidente apresentam semelhanças com a morte da mãe, em fevereiro de 2012 (foto: Instagram/Reprodução )
Internada em coma induzido hà mais de uma semana, Bobbi Kristina Brown, filha de Whitney Houston, pode ter desligados os aparelhos que a mantêm viva nesta quarta-feira, 11. A informação foi pelo site TMZ e outros veículos norte-americanos. Fontes ligadas à família e citadas pela publicação afirmam que o procedimento de eutanásia foi marcado para o dia em que a morte de Whitney completa três anos. 

Aos 21 anos, Bobbi foi encontrada inconsciente na banheira de casa no último dia 31 de janeiro. À ocasião, a polícia afirmou não ter encontrado sinais do uso de drogas ou álcool no local do incidente, e relatou que a jovem ainda respirava quando foi socorrida. Colocada em coma induzido, Kristina segue internada em Atlanta, no estado da Geórgia. No último dia 5, a família de Brown negou rumores de morte cerebral e garantiu que o assunto não será exposto à imprensa.
 
Bobbi Kristina Brown, filha da falecida Whitney Houston, foi encontrada inconsciente em uma banheira de casa, perto de Atlanta, na Geórgia. Segundo a imprensa americana, incluindo a TV CNN, Bobbi Brown exibia ferimentos sem explicações antes do incidente. 

O caso se assemelha muito às condições da morte de sua mãe, em 11 de fevereiro de 2012, no Hotel Beverly Hilton, em Los Angeles. Whitney Houston foi encontrada morta na banheira de seu quarto de hotel, após uma overdose de drogas, álcool e remédios. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA