Música pernambucana vai invadir a capital mineira no domingo

Projeto reúne Karina Buhr, Céu, Otoo e BNegão para homenagear o frevo

por Mariana Peixoto 06/02/2015 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Caroline Bittencourt/Divulgação
O pernambucano Otto divide palco com BNegão, Karina Buhr, Céu e Puppilo do Nação Zumbi (foto: Caroline Bittencourt/Divulgação)
 Seis anos atrás, Pupillo, baterista da Nação Zumbi, produziu para seu próprio selo, Candeeiro Records, o álbum Frevo do mundo. A ideia era mostrar que o ritmo pernambucano poderia ir além de seu próprio estado. E também que o frevo deve ser executado fora do carnaval. Selecionando um repertório de standards dos grandes do gênero – músicas de Capiba, Nelson Ferreira, Luiz Bandeira –, o trabalho acabou antecipando o que veio a ocorrer nesta década. 


O frevo ultrapassa hoje os limites de Pernambuco, vide as incursões nacionais e internacionais que a Spok Frevo Orquestra vem fazendo nos últimos anos. Naquele trabalho estiveram presentes nomes como Eddie, Céu, Siba, Orquestra Imperial e Cordel do Fogo Encantado.

Pois eis que Pupillo criou para este carnaval a Orquestra Frevo do Mundo, que é diferente do álbum, mas tem a mesma intenção. Reuniu alguns amigos e colegas de geração para uma banda-baile que estreia neste fim de semana. O primeiro show será amanhã, em Olinda, na comemoração dos 20 anos do bloco Enquanto Isso na Sala da Justiça.

Já no domingo a banda faz seu segundo show, na festa Viva o Carnaval, no Parque das Mangabeiras. Divide palco com os mineiros Chama o Síndico e Bloco da Calixto, além da Melanina Carioca. Pupillo comanda uma banda de estrelas. Os vocalistas convidados do show em BH são Karina Buhr, Céu, Otto e BNegão. No instrumental, serão duas guitarras, baixo, bateria e uma metaleira trazida de Olinda (quatro metais).

SEGREGAÇÃO “É uma luta nossa conscientizar os turistas sobre o frevo, que não deve ser segregado. Acho que a cultura de Pernambuco merece ser atualizada e interagir com outras vertentes”, afirma Pupillo. Ao montar o repertório do show, ele quis dar uma diferenciada.

Apenas os metais serão executados nos arranjos originais. “A formação está mais rock, e vai ter alguma coisa de eletrônica também”, adianta o baterista. Quanto ao repertório, cabe de tudo no Frevo do Mundo, sem preconceito.

A banda-baile vai tocar hits do repertório de Gal Costa (Massa real e Bloco do prazer) e Capiba (Linda flor da madrugada), além de canções dos próprios vocalistas da noite. Céu, por exemplo, está preparando uma nova versão para Baile da ilusão. “Como é um baile de carnaval, a gente escolheu músicas que as pessoas conhecem mesmo”, finaliza Pupillo.

VIVA O CARNAVAL
Com Frevo do Mundo, Karina Buhr, Céu, Otto e BNegão, Melanina Carioca, Chama o Síndico e Bloco da Calixto. Domingo, a partir das 14h, no
Parque das Mangabeiras, Avenida José do Patrocínio Pontes, 580.Ingressos: R$ 50. Informações: www.facebook.com/vivaocarnavalbh

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA