Jeff Meinberg faz show de lançamento do disco 'Sambossandroll' no MAP

Compositor belo-horizontino tocou por sete anos no Japão

por Eduardo Tristão Girão 19/12/2014 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Flávio Charchar/Divulgação
(foto: Flávio Charchar/Divulgação)
O cantor e compositor belo-horizontino Jeff Meinberg passou sete anos tocando bossa nova quatro vezes por dia, seis dias por semana, numa casa de shows na cidade japonesa de Gotemba, aos pés do monte Fuji. “Não deixamos ficar maçante e, do meio para frente, virou world music. Começamos a tocar outras coisas em ritmo de bossa nova. Adaptamos até música japonesa para bossa nova”, conta o artista.


Com o mesmo jogo de cintura, ele juntou suas diversas influências musicais e as composições que escreveu desde 1988 e concebeu seu disco de estreia, 'Sambossandroll'. “É uma MPB com mais peso. É impossível não dançar nos shows”, define ele. O show de lançamento é nesta sexta-feira à noite, no Museu de Arte da Pampulha.

A maior parte das composições são assinadas apenas por ele, sendo duas em parceria com o compositor João Batista de Morais ('João de Barro' e 'Um desejo'), uma com o colega de festivais Robertinho Zier (Comunhão) e, por fim, Don’t, cuja letra, em inglês, foi escrita pela japonesa Yoko Katsumata, amiga que fez durante sua temporada nipônica.

No palco, ele terá a presença de Christiano Caldas (piano; ele é o responsável pela produção musical e arranjos), Ricardo Gomes (baixo), Fabinho Gonçalves (guitarra), Luiz Paulo (bateria), Evaldo Milagres (bateria), Edson Morais (sax), Paulo Márcio (trompete), Andersen Machado (bateria), Jairo Barbosa (baixo) e Sirley Rossi (percussão).

Sambossandroll
Show de lançamento do disco de Jeff Meinberg. Nesta sexta-feira, às 22h. Museu de Arte da Pampulha, Avenida Otacílio Negrão Lima, 16.585, Pampulha. Ingresso: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Informações: (31) 3277-7946.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA