The Junkie Dogs lança disco em show na capital

Banda mescla sons do rock dos anos 1960/1970 com a sonoridade típica dos anos 90

por 18/12/2014 08:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Renato Araújo/Divulgação
Esta noite, The Junkie Dogs faz show no Studio Bar, no Centro (foto: Renato Araújo/Divulgação)
Reconhecida internacionalmente por sua produção pesada do rock alternativo, via Sepultura e adeptos do heavy ou do death metal, BH conta com cena ativa do gênero, com bandas surpreendentes, tais como a The Junkie Dogs. Atração de hoje no Studio Bar, a formação repleta de trintões lança o primeiro e promissor disco de carreira, com direito à abertura da Teach me Tiger e discotecagem do DJ Bart (53HC).

Adepta do que o guitarrista Bruno Leal Medeiros classifica como mistura do rock dos anos 1960/1970 com o trip rock do fim dos anos 1990, The Junkie Dogs, liderada pelo vocalista-guitarrista Rafael Ludicanti, reúne Marcos Braccini (baixo), Marcos Sarieddine (piano elétrico e sintetizadores) e Flávio Freitas (bateria). Todos, como faz questão de dizer Bruno, com uma rica cultura familiar roqueira, apesar da formação erudita de Braccini e Sarieddine, que passaram pela Escola de Música da UFMG.

Para se ter ideia do poder das harmonias e melodias do grupo, Bruno conta que Rafa Ludicanti mantém o busto de Beethoven em cima do piano. Hoje à noite, além das canções do disco de estreia ('Pocket fuck friend', 'Chasing rapture', 'Brain damage', 'Celestial peace', 'Cotton Club', '69 blues' e 'Mystic purse', todas cantadas em inglês, e 'Toxic glue', em francês), os rapazes apresentarão parte do repertório de sua trajetória de sete anos.

Com carreira ainda restrita à capital mineira, a banda aposta as fichas no disco de estreia, batizado com o próprio nome, para abrir novos espaços. “Acreditamos no mercado da cidade, apesar de ele ainda não ser muito profissional”, confessa Bruno, feliz com o apoio da mídia e das casas de show de BH.

THE JUNKIE DOGS
Quinta, às 21h. Studio Bar, Rua Guajajaras, 842, Centro. Ingressos: R$ 20. Informações: (31) 3047-1020.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA