Novas intérpretes assumem clássicos de divas da MPB no DVD 'Cantoras do Brasil'

Jovens talentos femininos releem sucessos das musas do passado em CD e DVD da série

14/12/2014 10:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Canal Brasil/Divulgação
Entre os destaques do DVD, Nina Becker em boa interpretação de Dolores Duran (foto: Canal Brasil/Divulgação)
Retrato fiel, às vezes cruel – vide o trágico fim de Dircinha e Linda Batista, abandonadas à própria sorte, sem dinheiro e longe dos palcos, exposto no musical 'Somos irmãs' – do competitivo mercado de cantantes no país, 'Cantoras do Brasil', série exibida em 13 episódios pelo Canal Brasil em 2012, chega aos formatos CD e DVD, em lançamentos da Deckdisc, reservando surpresas para fãs do canto feminino, sempre tão em evidência por aqui.

A começar por Tulipa Ruiz ('Fim de comedia' e 'Que será') usando e abusando dos agudos em oportuna e muito benfeita homenagem a Dalva de Oliveira. O filme principal do DVD traz uma convidada em cada uma das faixas interpretando um sucesso de uma voz feminina do passado. Assim, oportuna e intencionalmente gravado em preto e branco, o filme reúne a nova safra de cantoras, associada a musas e divas que influenciaram suas carreiras.

Além de Tulipa Ruiz (Dalva de Oliveira), no lançamento estão Andreia Dias (Aracy de Almeida), Blubell (Sylvia Telles), Gaby Amarantos (Clementina de Jesus), Luisa Maita (Elis Regina), Lulina (Miriam Batucada), MC Lurdez da Luz (Nara Leão), Mariana Aydar (Clara Nunes), Mallu Magalhães (Elizeth Cardoso), Nina Becker (Dolores Duran) e Tiê (Celly Campello), além da atriz Camila Pitanga (Maysa).

Erros e acertos

Verdade que nem todas dão conta do recado, com interpretações que, às vezes, deixam a desejar, tais como a de Mallu Magalhães em 'Manhã de carnaval', que soa afetada. Mas a maioria se sai bem, com revelações tipo Blubell que, cantando em inglês ou em português, deixaria orgulhosa Sylvinha Telles, tanto em 'Oba-lá-lá' quanto em 'Você e eu'.

Há também casos que não correspondem à expectativa criada antes da audição, tais como o de Gaby Amarantos em sua Clementina de Jesus. Em compensação, Mariana Aydar se sai melhor em 'Canto das três raças' do que em 'As forças da natureza', ambas bravamente defendidas pela matriz Clara Nunes, que parece nunca querer se calar. Há que se ressaltar, ainda, a presença de Nina Becker com sua Dolores Duran. Não por acaso, a cantora carioca gravou disco com repertório da diva da dor de cotovelo.

Já Tiê pouco acrescenta à sua Celly Campelo, enquanto Luisa Maita soa mais como cover de Elis Regina do que algo realmente original. De qualquer forma, fica a lembrança das musas e divas e o potencial evidente das novas cantoras, mesmo que a preocupação com o futuro repertório de todas persista. Afinal, o número de intérpretes jamais correspondeu ao de autores(as) por aqui. Por mais que hoje algumas delas se preocupem em compor suas próprias canções.

Além de entrevistas, o DVD traz 12 faixas extras de músicas. Já o CD resume-se a 13. Enfim, os dois produtos se complementam. A direção do filme é de Simone Elias, enquanto a competente direção musical ficou a cargo do guitarrista Mauricio Tagliari, cujos arranjos caem perfeitamente ao clima muitas vezes de época do DVD.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA