Compositor Marcus Viana apresenta suas obras progressivas feitas para programas de TV

Show do músico mineiro será nesta quinta-feira no Grande Teatro do Cine Theatro Brasil Vallourec

por e Eduardo Tristão Girão 11/12/2014 07:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Paola Callahan/divulgação
"Hoje, tenho 1,6 mil obras editadas e minha música é conhecida pelo mundo graças à telinha", diz Marcus Viana (foto: Paola Callahan/divulgação)
Não será um show qualquer. No mesmo palco, o instrumentista mineiro Marcus Viana terá à disposição duas bandas, uma para cada repertório: primeiro, para suas conhecidas trilhas para novelas (entre canções e temas instrumentais); depois, para as composições progressivas que fez para o Sagrado Coração da Terra, um dos grupos de destaque do gênero no país. Será nesta quinta-feira à noite, no Grande Teatro do Cine Theatro Brasil Vallourec.

“Quero trabalhar de novo com o Sagrado e fazer mais coisas. Botar a banda nos trilhos novamente e dar prazer de novo para as pessoas. Como o material é específico e é meu, ninguém mais faz. É um progressivo diferente. É como um tempero. Não é melhor nem pior, mas diferente”, conta Viana. Entre os integrantes dessa nova fase estão o cantor Sergio Pererê, o tecladista Giácomo Lombardi (que foi das primeiras formações) e o guitarrista João Pedro Viana, filho do artista.

O caráter pouco comercial do repertório do Sagrado Coração da Terra, mais evidente hoje do que nos primórdios do grupo (anos 1980), está longe de incomodar o compositor. “É um libelo, um manifesto planetário por uma nova consciência humana, como sempre foi. Muitas coisas de novela, mais viscerais, assinei como Sagrado. É um departamento épico da minha carreira”. No caso de hoje, a banda centrará foco nas músicas do disco 'Grande espírito' (1993).

Sorte grande
A outra metade do show terá arranjos de composições que ele escreveu para novelas como 'Pantanal', 'Ana Raio e Zé Trovão', 'Xica da Silva', 'A casa das sete mulheres' e 'O clone'. O público ouvirá também músicas do disco 'Grandes temas 2 – TV e cinema', que ele acaba de lançar, o que inclui desde trabalhos para o filme 'Olga' (faixa 'Iluminar') até 'Ponte', que escreveu para a novela 'Flor do Caribe' (2013).

“Esse álbum comemora o fato de poucos músicos terem feito trabalhos como eu fiz. Tenho muito a agradecer pela confiança de todos os diretores em mim. Quantos músicos maravilhosos estão em Minas e não são conhecidos? Foi uma sorte tremenda terem olhado para mim. Hoje, tenho 1,6 mil obras editadas e minha música é conhecida pelo mundo graças à telinha. Já lancei 56 discos e olha que comecei aos 30 anos”, diz.

Marcus Viana
Nesta quinta-feira, às 21h. Grande Teatro do Cine Theatro Brasil Vallourec, Praça Sete, s/nº, Centro. Ingressos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada). Informações: (31) 3201-5211.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA