Banda Pleiades faz show em homenagem ao baixista Mateus Olivello, morto no último domingo

Companheiros do músico doarão cachê à noiva do jovem, que dará à luz o filho do artista em janeiro

por e Bossuet Alvim 01/12/2014 14:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Pleiades/Divulgação
Mateus Olivello tocava com a Pleiades há 4 anos e estava empolgado com novo material da banda (foto: Pleiades/Divulgação)
A memória de Mateus Olivello, baixista da banda mineira Pleiades, será celebrada em show especial do grupo na próxima sexta-feira, 5. Morto em um acidente de trânsito na madrugada do último domingo, 30, o músico vai inspirar uma apresentação inteira dos colegas, que tocam juntos desde 2006. "Todos estavam muito emocionados e resolveram que a melhor forma de se despedir do companheiro de estrada era fazer um show inteiro dedicado a ele", explica Francisco Penteado, produtor da Pleiades.

 

O cachê integral da noite no Underground Pub será doado à noiva de Olivello, que está grávida — o bebê deve nascer em janeiro. O artista de 25 anos seria pai pela segunda vez. "Como Mateus tinha um filho pequeno e sua noiva está grávida, o Pleiades doará seu cachê integral para ajudar a moça com a despesa das crianças", detalha Penteado.

 

O show de sexta-feira já estava agendado e foi transformado em homenagem ao amigo por iniciativa dos membros da banda. Recentemente, Mateus dividia com os parceiros o desenvolvimento de um novo álbum em estúdio. "Ele estava com o Pleiades há quatro anos e vinha trabalhando na composição e gravação de novas músicas da banda. Ele era muito talentoso e estava animado para lançar o novo material", ressalta Penteado. "Estamos em estado de choque com essa perda tão repentina. Ainda é difícil acreditar que Mateus nos deixou", lamenta o produtor.

 

Pleiades/Divulgação
Músico de 25 anos seria pai pela segunda vez no próximo mês de janeiro (foto: Pleiades/Divulgação)
O acidente

Mateus Olivello deixou o bar V8 Garage, onde atuava como técnico de som, por volta das 4h do último domingo, 30. De acordo com a assessoria de imprensa da banda, o músico teria perdido o equilíbrio da moto que pilotava a 700 metros da casa noturna, em um trecho da Avenida Silviano Brandão, no Bairro Sagrada Família, Região Leste de Belo Horizonte.

 

A pista estava bastante molhada e, ainda segundo a assessoria, o capacete de Olivello soltou-se na queda, indicando que o equipamento poderia estar frouxo no momento do acidente. O jovem bateu a cabeça no meio-fio e foi socorrido por testemunhas, que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Uma das pessoas que passavam pelo local usou o celular de Mateus para contatar o produtor Francisco Penteado. A equipe do Samu constatou a morte imediata do baixista, ainda no local da queda.

 

O corpo de Mateus Olivello foi enterrado na manhã desta segunda-feira, 1º, no Cemitério Bosque da Esperança, Região Norte da capital. Amigos, parentes e os companheiros de banda reuniram-se no local, sob chuva, para despedir-se do jovem.

 

Homenagem a Mateus Olivello

Pleiades faz tributo ao músico na próxima sexta-feira, 5, com show no Underground Pub (Av. Itaú, 540, Bairro Dom Cabral). Ingressos no local. Censura: 18 anos. Informações: 8842-2330.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA