RPM deve lançar ainda neste ano DVD e, em 2015, um CD de inéditas

O material terá os registros dos shows e bastidores da turnê Elektra

por Adriana Izel 14/11/2014 15:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Perfexx/Divulgação
DVD 'Elektra dokumenta' traz também entrevistas com os integrantes (foto: Perfexx/Divulgação)
A banda RPM, formada por Paulo Ricardo, Luiz Schiavon, Paulo P.A. e Fernando Deluqui, lançará ainda neste ano o novo DVD da carreira. 'Elektra dokumenta' terá os registros dos shows, bastidores e entrevistas com os integrantes do grupo feitos durante a turnê 'Elektra', que rodou o país e tem como base o disco homônimo lançado em 2011, que marcou o retorno dos oitentistas após um hiato.

"Vamos lançar o DVD que conta um pouco de como foi a série de apresentações. É um presente para os fãs. Esperamos que seja ainda neste ano", revela Paulo Ricardo em entrevista. A turnê 'Elektra' pelo Brasil termina no fim de 2014.

As apresentações que deram origem ao DVD trazem o repertório do álbum homônimo e também os clássicos do grupo como 'Olhar 43', 'Rádio pirata' e 'Loura gelada'. "Os clássicos nunca podem deixar de ser tocados. Na verdade RPM é RPM sempre, seja tocando os hits ou as canções novas. Somos uma banda que se orgulha da sua história, mas sem deixar de olhar para frente. E isso se reflete no show", afirma Paulo Ricardo.

Já um álbum com inéditas está previsto para 2015. A banda está em fase de escolher o repertório e gravar algumas canções em estúdio. "Esperamos lançar entre fevereiro e março. Temos um projeto de DVD também, mas só para o segundo semestre do ano que vem para comemorar os 30 anos de carreira", comenta.

Duas perguntas // Paulo Ricardo

Em 'Primavera tropical', uma das canções recentes do RPM, vocês tratam de questões sociais e políticas. Para vocês qual é a importância de uma banda falar sobre esses assuntos polêmicos?
As pessoas sempre nos cobram mais canções engajadas, no estilo de 'Alvorada voraz'. Mas a nossa matéria-prima é sempre o tempo em que vivemos e durante as manifestações de junho do ano passado, fizemos quase de forma jornalística esse rock. A revolução sempre continua.

 

Durante o último hiato, o que fez vocês decidirem retomar a banda?
O especial 'Por toda a minha vida', da Globo, sobre o RPM, nos emocionou demais e nos fez repensar toda a história da banda. De repente vimos que podíamos mudar o fim da história. Vimos o carinho que as pessoas ainda tinham pela banda e resolvemos voltar a gravar juntos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA