Ariana Grande e Nicki Minaj são destaques do Europe Music Awards (EMA) 2014

Além das cantoras, U2, Ed Sheeran e Charli XCX se apresentaram na premiação

por Correio Braziliense 10/11/2014 08:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Toby Melville
Ariana Grande se apresenta no EMA (foto: REUTERS/Toby Melville )
O Europe Music Awards (EMA), neste domingo, em Glasgow, na Escócia, confirmou a boa fase da estrela teen Ariana Grande. A cantora dos hits 'Problem' e 'Break free' faturou dois prêmios na noite, entre eles um do mais disputados, o de Melhor artista feminina.

O prêmio de música do ano foi para para Ariana Grande, por 'Problem'. "Muito obrigada. Este ano foi muito louco. Ano passado estava aqui apresentado e, em 2014, fiz um show e fui premiada", disse a popstar, que estava ofegante por causa do apresentação. O primero show do EMA foi dela, no qual cantou o sucesso 'Problem', criado em parceria com a rapper australiana Iggy Azealea - que, ao contrário do que ocorreu na versão americana da premiação, não subiu ao palco. Em seguida, a cantora emendou a faixa 'Break free' (que conta com as batidas do DJ Zedd).

REUTERS/Toby Melville
Nick Minaj em performance no EMA (foto: REUTERS/Toby Melville )
My Anaconda

Além de Ariana Grande, Nicki Minaj se deu bem na apresentação. A popstar, que foi a responsável por uma das performances da noite, fez um dos shows mais aguardados do EMA. A cantora abriu o espetáculo com um dos primeiros sucessos da carreira, 'Superbass'. Em seguida, se apresentou ao lado de Skylar Grey, com a faixa 'Bed of lies'. Por fim, a popstar apresentou o hit 'Anaconda'.

Nicki Minaj também faturou o prêmio de Melhor artista de hip-hop. A rapper tem um dos principais sucessos do gênero do ano, 'Anaconda', decisivo para a vitória. A canção fez uma das principais marcas de 2014: em menos de 48 horas, o clipe foi visto 23 milhões de vezes. Atualmente, cerca três meses após o lançamento, a faixa conta com 289,7 milhões de visualizações.

O cantor Ed Sheeran, um dos sucessos de venda do ano com o álbum 'X', fez um dos shows mais esperados. Ele subiu ao palco e apresentou a faixa 'Thinking out loud'. O clipe da faixa, lançado no começo de outubro, já conta com 30 milhões de visualizações no YouTube.

Ode a Ozzy
O grande homenageado da noite foi o roqueiro Ozzy Osbourne, que recebeu das mãos do guitarrista Slash o prêmio de Ícone global. "Eu não sei o motivo pelo qual eu ganhei esse troféu. Mesmo assim, muito obrigado", afirmou o sempre polêmico e provocativo cantor.

Justin Bieber ganhou o prêmio de Melhor artista masculino. No entanto, o popstar canadense não esteve presente na cerimônia para receber o troféu. Em um vídeo gravado, ele agradeceu aos fãs pelo prêmio. Comprovando a boa fase, Beyoncé também foi premiada no evento. A cantora levou a estatueta de Melhor música com mensagem (!) por 'Pretty hurts'.

Uma das mais importante bandas do mundo, o U2 também se apresentou no palco do EMA. Os irlandeses cantaram 'Every breaking wave', que faz parte do novo álbum do grupo, 'Songs of Innocence'. O disco foi duramente criticado por conta da estratégia de lançamento, quando foi inserido, sem nenhum aviso prévio, na conta de todos os usuários do iTunes.

A boy band One Direction levou os troféus de Melhor artista pop do ano e Melhor ao vivo. Após a entrega do prêmio, uma das promessas da nova geração do pop, Charli XCX cantou a canção 'Boom boom clap', que ficou internacionalmente conhecida por fazer parte da trilha sonora do longa 'A culpa é das estrelas'. A cantora seguiu no palco para a apresentação da faixa 'Break the rules'.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA