Cantora Taylor Swift manda retirar todas suas músicas do Spotify

A plataforma de streaming de música tem 40 milhões de usuários no mundo todo

por Fernanda Machado 03/11/2014 18:08

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Jamie McCarthy/Getty Images/AFP/Reprodução
Taylor Swift e Spotify rompem relação (foto: Jamie McCarthy/Getty Images/AFP/Reprodução )
A cantora Taylor Swift anunciou, nesta segunda-feira (3/11), que vai retirar todas suas músicas do serviço de streaming Spotify. A gravadora da popstar, Big machine, ordenou que as canções da artistas não fiquem mais disponíveis para os 40 milhões de usuários da plataforma.


A decisão não é uma surpresa. A relação entre Taylor Swift e o Spotify nunca foi muito tranquilas. Ao contrário de outras artistas, como Adele e Beyoncé, a cantora só disponibilizava os discos e os singles após lançá-los em plataformas de venda.

 

A gravadora Big Machine ainda não se pronunciou sobre o assunto. Porém, o Spotify, em seu blog oficial, afirmou que tem esperaça que a situação seja revertida. "Esperamos que ela mude de ideia e se junte a nós na construção de uma nova economia da música que funcione para todo mundo. Artistas têm direito de ser pagos corretamente por seus trabalhos e devem ser protegidos da pirataria. É por isso que repassamos cerca de 70% dos nossos lucros para a comunidade musical", escreveu a equipe do serviço de streaming.

 

Reprodução/Internet
Cartaz da turnê da cantora Taylor Swift (foto: Reprodução/Internet)
Taylor Swift também anunciou nessa segunda-feira a turnê do novo disco. 'The 1989 World Tour' começará em 20 de maio e passará pelos Estados Unidos, Europa e Austrália. Apesar da quantidade de fãs, a cantora ainda não reservou datas para vir ao Brasil ou à América do Sul. As datas e os valores dos ingressos podem ser consultados no site oficial de Taylor Swift.

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA