Rodger Hodgson volta a emocionar público com apresentação perfeita em BH

Ex-vocalista do Supertramp fez show neste sábado no Parque das Mangabeiras com repertório de clássicos

por Daniel Seabra 25/10/2014 21:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Tulio Santos/EM/D.A Press
Público lotou o Parque das Mangabeiras para assistir ao ex-vocalista do Supertramp (foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)

Mais um belo capítulo da história de amor entre Belo Horizonte e o cantor Roger Hodgson foi escrito na noite deste sábado, no Parque das Mangabeiras. Desde quando esteve por aqui pela primeira vez, em 2010, o ex-vocalista do Supertramp nunca mais escondeu sua adoração pela capital mineira, que tão bem o recebeu. Tanto que, durante aquela turnê, ele gravou todos os shows, escolhendo as melhores performances para integrar o cd Classics live (2010). Nada menos que quatro canções gravadas em BH foram parar no trabalho, e logo algumas das mais clássicas de sua carreira: Take the long away home, Braksfest in america, The logical song e It’s rainnign again.

Em 2012, novamente Roger passou por aqui, e reafirmou sua paixão pela cidade, assim como fez também agora. “Para mim, Belo Horizonte é um lugar muito especial e a audiência é simplesmente incrível. Não sei se é porque eles amam minhas músicas e têm uma conexão muito profunda com elas, ou se amam todo tipo de música”, disse ao Estado de Minas, em entrevista exclusiva, no início do mês.

Assim como aconteceu das outras vezes na capital mineira, Roger Hodgson apresentou um repertório recheado de clássicos de sua ex-banda, o Supertramp. Não ficaram de fora (e nem poderiam) mega-sucessos. As cortinas se abrem com Take the long away home, já dando a pista para o que vem por aí. E surge o desfile, com Brakfest in america, The logical song e Dreamer, entremeados por outras menos conhecidas, mas não menos aplaudidas.

Realmente, a sintonia fina entre Roger Hodgson e a plateia belorizontina continua cada dia mais afinada. O cantor rege o público, se encanta com as inúmeras demostrações de carinho e canta – o que ele sabe fazer de melhor -, como se fosse sua primeira vez na capital mineira. "Os brasileiros cantam minhas músicas mesmo sem falar inglês porque os brasileiros entendem músicas que são escritas com o coração", disse em português arrastado.

Na reta final, da apresentação, as surpresas guardadas na manga. Ele manda Give a little bit e It’s rainning again. E com o ar contagiado pelo Supertramp, fecha-se mais uma página do romance entre um cantor renomado em todo o planeta e uma cidade brasileira. Mesmo tocando nos quatro cantos do planeta, Roger escolheu como favorita, uma certa capital, conhecida pelo pão-de-queijo, pelo Feijão Tropeiro, pela ótima música e por ter a plateia, segundo ele, mais calorosa do mundo. A promessa é de bis!


Tulio Santos/EM/D.A Press
(foto: Tulio Santos/EM/D.A Press)

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA