Mineiro Ronaldo Bastos descarta plágio de David Bowie quanto à faixa 'Cais': ''não existe polêmica''

Nova canção do britânico, 'Sue (Or in a season of crime)', foi comparada por crítica francesa à composição de Bastos em parceria com Milton Nascimento

por Luiz Prisco 20/10/2014 20:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Som Livre/Iso Records/Divulgação
Parceiro de Milton Nascimento na criação de 'Cais', Bastos conta que recebeu mensagem de Maria Schneider, coautora da canção de David Bowie: '' falei que estava tudo bem'' (foto: Som Livre/Iso Records/Divulgação)
O compositor Ronaldo Bastos descartou que David Bowie tenha plagiado sua canção 'Cais', parceria com Milton Nascimento. Depois que o cantor britânico lançou a faixa 'Sue (Or in a season of crime)', que estará na coletânea 'Nothing has changed', o periódico francês Le Monde publicou um artigo no qual apontava a semelhança entre as duas músicas.


O artigo, da crítica Véronique Mortaigne dizia: "É possível perceber ecos de Björk, de Scott Walker, de Robert Wyatt, de jazz, mas sobretudo uma melodia bastante conhecida dos amantes da música brasileira: 'Cais', do cantor Milton Nascimento, composta com Ronaldo Bastos em 1972".

 

Ouça 'Sue', de David Bowie:

 

 

Apesar das semelhaças entre as duas canções, Ronaldo Bastos afirma que nunca acreditou ou cogitou o plágio. "A Maria Schneider (compositora da canção junto de Bowie) me mandou um email de madrugada falando sobre o assunto. Prontamente eu respondi e falei que estava tudo bem", conta Bastos, em entrevista ao Correio Braziliense. O compositor também lembra que, em momento algum, ele e Milton Nascimento embarcaram na história.

 

Relembre 'Cais', de Milton Nascimento e Ronaldo Bastos:

 

 

"O email dela não foi em resposta a nada que tenhamos feito. Não entramos nessa polêmica. Na verdade, não existe polêmica", enfatizou. O compositor revela que, ao comentar o assunto com Milton Nascimento, que recentemente esteve hospitalizado, o cantor mineiro gostou de toda a história e também não embarcou na polêmica.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA