Novo nome do sertanejo, Henrique Lemes inova em clipe para buscar espaço

O vídeo do single aposta em projeções gráficas e efeitos visuais

por Correio Braziliense 04/10/2014 10:41

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ar Livre/Divulgação
"Fiz algo mais ousado e diferente com uma pitada do pop eletrônico", explica Henrique Lemes (foto: Ar Livre/Divulgação)
Henrique Lemes, 19 anos, decidiu inovar no primeiro clipe do EP Essa é a hora, que chegou às lojas neste ano. O sertanejo apostou em projeções gráficas e efeitos visuais no vídeo da música É o creme. A decisão mostra uma tendência forte entre os artistas do gênero em optar pela incorporação da tecnologia ao cenário musical. "Hoje o sertanejo tem muito brilho e muita inovação. Os shows são verdadeiros espetáculos. Acho que o estilo hoje pede isso", defende o jovem em entrevista.

O videoclipe foi disponibilizado na quinta-feira (2/10) na internet. Desde então, teve mais de 20 mil acessos. "Fico feliz, porque antes mesmo do clipe, a música já estava tendo uma aceitação", afirma Henrique Lemes. A canção escolhida para divulgação faz parte do primeiro EP da carreira.

Por conta da idade, Henrique mistura várias influências em seu som. Como nasceu em uma família de músicos, ele cresceu ouvindo sertanejo de raiz e tem como inspirações Zezé di Camargo & Luciano e Leandro & Leonardo. "Sou um cara romântico e gosto da linha mais romântica. Mas também curto essa nova tendência do sertanejo universitário até porque as minhas fãs são bastante jovens", explica Henrique Lemes.

Até por isso, o novo material tem espaço para diferentes vertentes do estilo musical. Há o romântico, o universitário e também um sertanejo pop. Assim como a dupla Bruninho & Davi, Henrique Lemes incorporou batidas eletrônicas a algumas canções. "Fiz algo mais ousado e diferente com uma pitada do pop eletrônico. No EP tem músicas românticas, mas também para cima", completa.

Vencedor da edição de 2011 do reality show musical Ídolos, ele conta que a experiência no programa foi muito importante para a carreira. "Foi um momento de muita aprendizagem. Antes de participar, eu já cantava com os meus amigos, mas lá pude crescer ao lado de excelentes profissionais. Me ajudou muito", lembra Henrique Lemes.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA