Música e artes visuais interagem em show inédito de Domenico Lancellotti

Artista se apresenta neste sábado no Inhotim

por Mariana Peixoto 03/10/2014 10:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
CAROLINE BITTENCOURT/DIVULGAÇÃO
"Você pode escutar de fora, entrar no ambiente da música, passear pelo espaço" Domenico Lancellotti, músico (foto: CAROLINE BITTENCOURT/DIVULGAÇÃO)
O músico fluminense Domenico Lancellotti é mais conhecido do público por causa de seus trabalhos com dois grupos: o combo Orquestra Imperial e +2, banda que criou com Moreno Veloso e Alexandre Kassin e gerou três álbuns. Paralelamente a esses trabalhos, também desenvolveu carreira solo, que gerou o álbum 'Cine privé' (2012). Reuniu parte do repertório colecionado nessas frentes para o show que faz neste sábado em Inhotim. Vai ser uma apresentação inédita, já que Domenico convidou a artista plástica Chiara Banfi para participar do show. Nessa primeira vez juntos, terão como cenário a igrejinha do instituto, em Brumadinho.


“Queria que as pessoas interagissem com a gente. Você pode escutar de fora, entrar no ambiente da música, passear pelo espaço”, conta ele, que vai se apresentar com banda formada por Pedro Sá (guitarra), Alberto Continentino (baixo), Stephane San Juan (bateria) e Cláudio Andrade (teclados). A ideia é acabar com a “parede” entre artista e público, por isso, a apresentação vai ser realizada num espaço fora do convencional.

Domenico sempre se interessou por artes plásticas. O convite para que Chiara se reunisse a ele veio do trabalho que a artista paulistana faz com esculturas sonoras. “São objetos que geram som e o que faremos é interagir com eles”, continua ele. Um dos trabalhos dela é numa jarra, como a usada nos tradicionais jardins japoneses que, enterrada no chão, consegue diferentes sons com os pingos d’água. “Sampleamos os sons do jarro e vamos começar o show com eles. Queremos interagir com os dois trabalhos, que vão acabar formando uma unidade.”

O repertório será tanto o de Cine privé quanto o de 'Sincerely hot' (2003), álbum lançado com a banda +2. Ainda haverá músicas inéditas, que vão dialogar diretamente com as esculturas, com a canção O vento. Antes do trabalho com Chiara, Domenico fez, no ano passado, no Rio e em São Paulo, shows com a artista gaúcha Lúcia Koch, que criou instalação com luzes. “Venho acompanhando há algum tempo trabalho de artistas visuais que atuam com a música, já que me interessa levar a arte para um ambiente de show”, finaliza Domenico.


DOMENICO LANCELLOTTI

Show sábado, às 15h. Igrejinha de Inhotim, em Brumadinho. Ingressos para o parque: R$ 30 e R$ 15 (meia). Funcionamento: das 9h30 às 17h30. Informações: www.inhotim.org.br.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA