Mauro Senise e banda fazem show gratuito na Praça Floriano Peixoto, no sábado

Artista vai interpretar canções autorais e clássicos como Pixinguinha

por 03/10/2014 10:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ana Luisa Marinho/Divulgação
O saxofonista e flautista Mauro Senise experimenta novos sons (foto: Ana Luisa Marinho/Divulgação )
Ainda faltam muitos ensaios para que o novo grupo instrumental do saxofonista e flautista Mauro Senise grave um disco, mas o público de Belo Horizonte terá o privilégio de conferir o andamento desse processo na noite desse sábado, na Praça Floriano Peixoto. Com Kiko Horta (acordeon), Gabriel Geszti (piano) e Mingo Araújo (percussão), ele vai interpretar peças dos próprios integrantes, além de composições de Pixinguinha, Edu Lobo e do parceiro de décadas Gilson Peranzzetta.


“Faz cinco anos que o Gabriel toca no meu outro quarteto e queria fazer um grupo com ele e o Kiko, que conheci há três anos, num show que fiz com o guitarrista Gabriel Improta. E para não fazer outro projeto com bateria, pensamos na percussão do Mingo. Mudou o som, talvez esteja menos jazzístico. Os improvisos não têm aquele fraseado de bebop. O acordeon abre muitas vozes, abraçando bem a melodia. Para quem está solando, é um conforto. É um belo Cadillac para passear”, conta Senise.

No repertório, três músicas estão no mais recente disco de Senise, Danças: as faixas Sem palavras e Choro dos mestres (ambas de Cristóvão Bastos) e Garoto de PoA (de Jota Moraes). Além dessas, composições dos novos companheiros de grupo (como Forró da comunidade, de Horta), Pixinguinha (Hermengarda), Peranzzetta (Forrozin), Edu Lobo (Ponteio e Nego maluco) e Gabriel Improta (Choro para McCoy)

Mauro Senise

Show do saxofonista e banda, com abertura de Renato Savassi Quarteto. Sábado, às 19h30, na Praça Floriano Peixoto (Santa Efigênia). Informações: (31) 3222-5271. Entrada franca.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA