Mostra de Cinema Permanente traz Sidney Magal para evento em BH

Artista vem à capital para conversar com os fãs sobre seu filme 'Amante latino', de 1979

por Ana Clara Brant 29/09/2014 09:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
SM/Divulgação
Magal sempre se aventurou pelo cinema e TV. Quem não se lembra dele na novela 'Da cor do pecado?' (foto: SM/Divulgação)
Sidney Magal é um dos cantores mais populares do país e ficou conhecido por sucessos como 'Me chama que eu vou', tema da novela 'Rainha da sucata'; 'Meu sangue ferve por você', 'Se agarro com outro te mato' e, sobretudo, 'Sandra Rosa Madalena'. Mas a sua faceta ator também merece ser destacada. Afinal, ele tem participações importantes em musicais e novelas da extinta Rede Manchete, em 'A história de Ana Raio e Zé Trovão'; Bandeirantes, em 'O campeão'; e da Globo, em 'Bang bang' e 'Da cor do pecado' – nessa última, exibida em 2004 e reprisada recentemente, ele deu vida ao inesquecível comandante Frazão, que conquistava a Mamuska de Rosi Campos, patriarca da hilariante família Sardinha. Isso sem falar no cinema, seja dublando animações, como 'Meu malvado favorito 2' e 'Happy feet', ou atuando em 'O caminho das nuvens' e no seu primeiro trabalho na telona, 'Amante latino', lançado em 1979.


Esse longa-metragem de 103 minutos será exibido nesta segunda-feira dentro das comemorações dos 13 anos da Mostra de Cinema Permanente Curto Circuito, no Cine Humberto Mauro. E o mais interessante é que terá a presença do próprio Magal para um bate-papo com o público. Com roteiro de ninguém menos que Paulo Coelho, o filme é dirigido por Pedro Carlos Rovai, de sucessos de bilheteria como 'Bonitinha, mas ordinária' (1981), baseado em Nelson Rodrigues; e como produtor de 'Nos embalos de Ipanema' (1979), de Antônio Calmon. A partir de meados da década de 1980, Rovai, passou a se dedicar também ao teatro, produzindo mais de 12 peças, como 'A gaiola das loucas' e 'Piaf', com Bibi Ferreira. Em 2000, produziu o longa-metragem infantil Tainá – uma aventura na Amazônia, de Tânia Lamarca, que conquistou prêmios em festivais nacionais e internacionais.

'Amante latino' narra as aventuras de Magal para salvar o colégio onde estudou na infância e que é hipotecado a uma industrial que pretende destruir a maior àrea verde existente no Rio de Janeiro para transformá-la num imenso complexo fabricantes de plásticos. No mesmo local existe um grupo de ciganos que lá reside há muito tempo. Sidney Magal é descendente desse grupo de ciganos, e fará de tudo para lhes garantir a sobrevivência. O elenco tem também Angelina Muniz, que vive a namorada de Sidney, a cigana Sandra Rosa Madalena; e mais Monique Lafond, Anselmo Vasconcelos, Ida Gomes e Elke Maravilha em participação especial.

CURTA CIRCUITO – MOSTRA E CINEMA PERMANENTE

Exibição do filme 'Amante latino' com a presença de Sidney Magal. Nesta segunda, às 19h, o Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes (Av. Afonso Pena, 1.537, Centro). Entrada franca. Os ingressos poderão ser retirados meia hora antes da sessão. Capacidade da sala: 129 lugares. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA