Gustavo Black Alien se apresenta nesta sexta no Espaço Even, em BH

Rapper volta à cena com energia renovada e cheio de boas ideias

por Fernanda Machado 26/09/2014 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Vinícius Branca / Divulgação
Black Alien já está produzindo seu segundo disco, financiado em esquema de crowdfunding (foto: Vinícius Branca / Divulgação)
Em 2004, Gustavo Black Alien lançava seu primeiro disco solo, 'Babylon by Gus – Vol. I – O ano do macaco'. Com faixas como 'Perícia na delícia', 'Como eu te quero' e 'Mr. Niterói', o álbum é considerado um clássico do rap nacional. Para celebrar esses 10 anos de carreira, o rapper niteroiense sobe ao palco do Espaço Even nesta sexta-feira, na festa Fellas, para revisitar o repertório do álbum.

Em uma década, Black Alien trabalhou com Fernanda Abreu, Paralamas do Sucesso e Carlos Lyra, mas não conseguiu lançar um CD completo. O hiato, porém, deve acabar em breve. Depois de contar com a ajuda dos fãs em um projeto crowdfunding – a popular “vaquinha” –, o disco 'Babylon by Gus – Vol. II – No princípio era o verbo' está em processo de gravação e previsto para ser lançando até o fim do ano. No litoral norte de São Paulo, longe da Babilônia, o Mr. Niterói, como é conhecido, conta com a ajuda do produtor Alexandre Basa, o mesmo da primeira gravação, e DJ Castro,  ex-Quinto Andar, com quem divide o palco esta noite.

Composto e gravado em 55 dias, 'Babylon by Gus – Vol. I – O ano do macaco' foi lançado em uma época não tão criativa do hip-hop nacional, se comparada à de hoje. Enquanto o rapper esteve ausente da cena, novos nomes apareceram e atualmente servem de inspiração para o niteroiense.

Gustavo Black Alien sempre teve vocação autodestrutiva – e escapou de momentos difíceis graças a amigos dispostos a ajudá-lo a voltar à música. O problema com as drogas nunca foi segredo, e para vencer essa barreira ele entrou em reabilitação, ficou longe dos amigos e família e recorreu à Bíblia, de onde tirou o subtítulo do novo disco. O rapper prepara ainda um EP de reggae, ritmo que sempre foi influência em suas faixas.


BLACK ALIEN
Nesta sexta-feira, às 22h, no Espaço Even (Rua Vereador Antônio Zandona, 245, Jardinópolis). Ingressos a R$ 50 e R$ 60. Informações www.facebook.com/festafellas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA