Filarmônica de Minas Gerais faz hoje concerto dedicado ao modernismo

Apresentação acontece este domingo, às 11 horas, no Sesc Palladium

21/09/2014 09:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Netum Lima/Divulgacao
Marcos Arakaki vai reger concerto no Sesc Palladium (foto: Netum Lima/Divulgacao)

A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais faz concerto dedicado à influência do modernismo – que tanto marcou a literatura, a arquitetura e as artes visuais – na música brasileira. O movimento do início do século 20 gerou autores emblemáticos para a cultura do país, como Heitor Villa-Lobos (1887-1959). Esse maestro e compositor soube, como poucos, mesclar elementos da estética europeia à riqueza da música popular, com seus choros, lundus e serestas.

Regida pelo maestro Marcos Arakaki, a filarmônica vai executar a Fantasia para saxofone e pequena orquestra, de Villa-Lobos, ao lado de um convidado especial: o saxofonista Heleno Feitosa.

Outros autores modernistas também serão lembrados: o paulista José Carlos Amaral Vieira (Entrada festiva, op. 135), o gaúcho Radamés Gnattali (Brasiliana nº 1), o pernambucano Marlos Nobre (Mosaico para orquestra, op.36) e o catarinense Edino Krieger (Ritmetrias – Variantes rítmicas sobre um metro contínuo).

CONCERTOS PARA A JUVENTUDE

 

Sesc Palladium, Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro. Hoje, às 11h. Ingressos: R$ 5 (inteira), R$ 2,50 (meia). Informações: (31) 3270-8100.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA