Valesca Popozuda lança nova música, 'Tá pra nascer homem que vai mandar em mim'

Sucessora de 'Beijinho no ombro' tem discurso antimachismo, a exemplo dos hits de Gaiola das Popozudas

por Bossuet Alvim 19/09/2014 15:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Facebook/valescapopozudareal/Reprodução
Fãs já podem ouvir nova música de Valesca, que deve estar no primeiro álbum da funkeira (foto: Facebook/valescapopozudareal/Reprodução)
"Nunca dependi de homem pra coisa nenhuma/ se tuas nêga são tudo assim, desacostuma". Depois de abordar os efeitos da inveja em seu mais recente — e maior — sucesso, 'Beijinho no ombro', Valesca Popozuda retoma discurso contra o machismo na mais nova faixa da carreira, 'Tá pra nascer homem que vai mandar em mim'. Lançada nesta sexta-feira, 19, a canção põe a vocalista em posição de controle sobre seus pretendentes: "Vou te provar que eu não sou do tipo de mulher/ que você paga uma bebida e eu dou o que tu quer".

 

Veja fotos de Valesca Popozuda

 

Assinada pelo trio que compôs 'Beijinho...', Wallace Vianna, André Vieira e Leandro Pardal, a nova aposta de Valesca se aproxima dos hits que a consagraram como vocalista da Gaiola das Popozudas. Tanto a mensagem de autoafirmação da letra quanto o ritmo cru do funk remontam a produções do grupo carioca, como 'Larguei meu marido' (2008), 'Late que eu tô passando' (2007) e 'My pussy é o poder' (2010).

 

No ano passado, a fundadora passou a liderança da Gaiola à irmã, Géssica P., para dedicar-se exclusivamente a carreira solo. 'Tá pra nascer homem...' deve ganhar um clipe em breve; as audições para escolher bailarinos já começaram.

 

 

Ouça 'Tá pra nascer homem que vai mandar em mim', nova música de Valesca Popozuda:

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA