Rosani Reis lança o disco 'De onde vem o tambor', no Teatro Alterosa

Cantora não esconde a ansiedade de cantar novamente em sua terra natal

por Ana Clara Brant 18/09/2014 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MIGUEL AUN/DIVULGAÇÃO
A cantora Rosani Reis está morando há 24 anos na Alemanha, onde dá aula em uma universidade (foto: MIGUEL AUN/DIVULGAÇÃO)
São
15 anos sem se apresentar no Brasil e 20 em Belo Horizonte. Mas hoje a cantora e compositora mineira Rosani Reis, que mora há 24 anos na Alemanha, vai matar as saudades da terra natal. A artista sobe ao palco do Teatro Alterosa para lançar seu terceiro CD solo, 'De onde vem o tambor'. “Estou superansiosa e emocionada. Vou rever pessoas e as pessoas vão me rever também, então acredito que será tocante para todos. Não deixa de ser um passeio pelos meus tempos de juventude”, celebra.

O disco, que faz referência à ancestralidade e influências da cultura africana na música mineira, tem produção, arranjos e direção musical de Sérgio Santos, além de algumas faixas assinadas pelo cantor e compositor. Rosani conta que, desde que começou a pensar no novo álbum, tinha o nome de Sérgio em mente e sabia desde o princípio que estava em ótimas mãos. “Já cantava o repertório dele há anos e se não fosse com o Sérgio Santos não seria com mais ninguém e o disco não seria o que é”, ressalta.

Parcerias


É de Sérgio Santos, inclusive, a música que batiza o disco, e que é a pergunta central que norteia o trabalho. A letra captou exatamente o sentimento e a fase atual de Rosani. (De onde vem o tambor batendo?/ vem do chão ou virá no vento/(…) não, não vem pelo mar de Espanha/ não vi nada assim na Alemanha/ será de onde vem esse cortejo de beleza tamanha?). “É uma volta às raízes, uma busca pelas raízes. Sabe que às vezes eu acordo na Alemanha e ouço o som dos tambores? É uma coisa de ancestralidade mesmo”, acredita.

Composições de Tavinho Moura, Toninho Horta, Milton Nascimento, Fernando Brant, Flávio Henrique, Beto Lopes e Sérgio Pererê também fazem parte do projeto, que contou com a participação dos músicos do Uakti e de Maurício Tizumba. Rosani, que nasceu em Coronel Fabriciano e foi criada em Nova Era, cresceu entre os festejos tradicionais da cultura popular da região, influência que está presente em sua obra.

Morando em Essen, no Vale do Ruhr, na Alemanha, onde é professora de canto na Universidade de Artes Folkwang, ela faz questão de divulgar a música brasileira, sobretudo a mineira. A cantora revela que vários ritmos do Brasil, como a bossa nova, o samba, o reggae e até o maracatu, são bastante divulgados na Europa, mas manifestações como o congado, o jongo e a marujada continuam praticamente desconhecidas.

“A maioria das pessoas nunca ouviu falar desses ritmos. Provavelmente, sou a primeira pessoa a fazer isso lá e levantar essa bandeira. Na universidade onde dou aulas, os estudantes cantam em português coisas de Minas, de gente como Flávio Henrique e Sérgio Pererê, além de contar histórias do que está por trás das composições e traduzir algumas coisas. Estão me chamando de ‘a diplomata da música mineira’”, comenta.

A artista acrescenta que os alemães são abertos e curiosos a novidades e que estão fascinados com a música mineira. Tanto é que vai lançar 'De onde vem o tambor' na Alemanha e fazer turnê por lá. “No fim de outubro retorno à Europa, mas em janeiro volto pra cá. Quero trabalhar este disco no Brasil e reaprender a lidar com o mercado brasileiro. Vou ficar nessa ponte aérea durante um bom tempo, mantendo meu quartel-general em Nova Era, onde vive minha mãe, que tem 82 anos”, justifica.

Ao vivo


Na apresentação de logo mais, Rosani Reis será acompanhada por Felipe José (violão e violoncelo), Trigo Santana (baixo), Rafael Martini (piano e acordeom), Mauro Rodrigues (flautas), Serginho Silva, Luana Dias e Maurílio Badá (percussão), e recebe os convidados especiais Mauricio Tizumba e Sérgio Pererê, que também assina composições do disco. Além das canções do novo disco, a cantora vai interpretar composições de sua autoria e outras que marcaram a sua carreira em teatros e bares de BH em meados da década de 1980.

DE ONDE VEM O TAMBOR
Show de Rosani Reis. Nesta terça-feira, às 20h30, no Teatro Alterosa (Av.Assis Chateaubriand, 499, Floresta). Ingressos a R$ 18 e R$ 9 (meia-entrada). Informações: (31) 3237-6611. O CD será comercializado a R$ 30.

Ouça a faixa 'Cortejo', de Rosani Reis':


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA