Após tumulto na Praça do Papa, festival de jazz e MPB é cancelado

Happy Feet Jazz Band, Chico Amaral Quarteto e João Bosco & Dudu Lima Trio se apresentariam neste domingo, 21, mas tiveram shows adiados ''a fim de garantir a segurança dos convidados''

por Bossuet Alvim Estado de Minas 17/09/2014 17:15

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Rodrigo Clemente/EM/D.A Press
Praça do Papa, no Bairro Mangabeiras, foi palco de correria e tumulto no último fim de semana (foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
O tumulto entre frequentadores de uma festa na Praça do Papa, registrado no último domingo, 14, levou ao cancelamento de festival musical marcado para o próximo dia 21, no mesmo local. O evento, que contaria com shows de Chico Amaral Quarteto, João Bosco & Dudu Lima Trio e da Happy Feet Jazz Band, foi adiado pela organização "a fim de garantir a segurança dos convidados no local", segundo comunicado à imprensa divulgado nesta quarta-feira, 17. Uma nova data de realização será divulgada nos próximos dias. Em nota, a marca de alimentos Aymoré, que promovia as apresentações, atribui a mudança de planos aos "últimos fatos ocorridos na Praça do Papa".

 

Entenda o caso

No último domingo, cerca de 10 mil jovens reuniram-se na praça para um evento marcado através de redes sociais. Versão paralela da festa 'Of colors neon', a reunião improvisada foi interrompida no início da noite, quando houve correria e relatos de furtos. A Polícia Militar (PM) chegou a disparar tiros de borracha e bombas de gás lacrimogêneo na tentativa de controlar o tumulto.

 

A história virou motivo de piadas em redes sociais, onde também há quem alegue ter sido vítima de furtos. Uma nova festa foi marcada via Facebook para o próximo domingo, 21 — quando aconteceriam os shows da Aymoré —, e o setor de inteligência da PM monitora o desenrolar da organização.

 

"Pelo que vimos, já tem mais de 6 mil pessoas confirmadas. Sempre fazemos este tipo de varredura para organizar as ações previamente", explicou ao em.com.br o major Olimpio Garcia, comandante do 22º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela área. A corporação planeja uma operação especial para controlar possíveis tumultos neste fim de semana. "Nesse último domingo também já tínhamos a informação que ele [o evento] aconteceria", detalhou o militar.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA