Semana Internacional de Música de Câmara traz grandes nomes a BH

Concertos acontecem no Conservatório da UFMG, no domingo

por Ailton Magioli 12/09/2014 10:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Rachel Guedes/Divulgação
A pianista mineira Simone Leitão toca domingo no Conservatório UFMG (foto: Rachel Guedes/Divulgação)
Na terceira edição carioca, a Semana Internacional de Música de Câmara ganha extensão em Minas com o concerto das pianistas Simone Leitão e Martina Filjak e do violinista Daniel Guedes, domingo, no Conservatório UFMG. Pela primeira vez na América do Sul, a croata Martina vai se juntar aos brasileiros depois das apresentações de hoje e amanhã, no Casarão das Artes de Caratinga, na Zona da Mata, cidade onde nasceu a mineira Simone. “É a primeira vez que Martina toca no Brasil”, comemora Miriam, lembrando que ela está entre os maiores nomes do piano contemporâneo na Croácia.


Simone Leitão e Daniel Guedes vão abrir o concerto de BH com 'Sonata para violino e piano', de César Franck, seguidos de Martina Filak, que tocará o 'Romanse op. 28 nº 2' e a 'Sonata para piano op. 11 em Fá sustenido menor', de Schumann. Cria de uma família de 12 filhos, Simone Leitão é a mais jovem da prole da jornalista Miriam Leitão. Adepta do piano desde a infância, aos 17 anos, trocou Caratinga pelo Rio, para estudar com os mestres Linda Bustani e Homero Magalhães. Em 1997, continuou seus estudos na Noruega. Depois, retornou ao Brasil e, na sequência, fez doutorado nos Estados Unidos.

De volta ao país, em 2012, Simone fixou residência no Rio, onde, além da Semana Internacional de Música de Câmara, criou a Academia Jovem Concertante, ao lado de Daniel Guedes. Como solista e camerista, é reconhecida como excelente intérprete de Bach, Prokofiev, Rachmaninoff e autores das Américas. Em março, ela debutou no Carnegie Hall de Nova York, onde se apresentará novamente no ano que vem.

Com um único disco lançado, Simone Leitão se prepara para gravar o segundo com repertório nacional e internacional. Depois de “ganhar” o 'Grande baião', do compositor André Mehmari, que registrou na estreia fonográfica, ela diz dispensar atenção especial para os compositores vivos. Após apresentação em 2013, em Belo Horizonte, ao lado da Orquestra Sinfônica de Barra Mansa (RJ), ela volta à cidade para o concerto de domingo.

 
Jovens em ação

A Academia Jovem Concertante, projeto de Simone Leitão e Daniel Guedes, tem como principal objetivo fomentar a música de câmara. “A ideia é ter uma imersão de jovens selecionados, que se encontram em variadas etapas do processo”, revela a pianista, que já desenvolveu a atividade, muito comum nos Estados Unidos, no Rio, em São Paulo e no Maranhão. “Depois de trabalhar por cerca de 10 dias, o grupo de jovens viaja em busca de público que não tem acesso à música clássica”, explica Simone, lembrando que as apresentações da Academia Jovem Concertante são realizadas tanto em praças e salas de espetáculo como em canteiros de obras. A viabilização do projeto se dá por meio do patrocínio de empresas, via leis de incentivo.

 

SIMONE LEITÃO, MARTINA FILJAK E DANIEL GUEDES
Domingo, às 18h. Conservatório UFMG, Av. Afonso Pena, 1.534, Centro. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Informações: (31) 3409-8300.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA