Robert Plant, ex-vocalista do Led Zeppelin, lança 10º álbum solo

'Lullaby and... The Ceaseless Roar' é o primeiro álbum com canções originais desde 'Mighty ReArranger', de 2005

por AFP - Agence France-Presse 05/09/2014 10:29

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leon Neal/AFP Photo
Plant afirmou em entrevista que sua volta à Inglaterra foi estimulante e um retorno às raízes (foto: Leon Neal/AFP Photo)
O cantor britânico Robert Plant, integrante do mítico grupo Led Zeppelin, lançará na próxima segunda-feira seu décimo álbum solo, marcado pelo blues e pelo rock, mas com influências orientais, celtas e, inclusive, eletro. "Não se ganha nada tocando apenas coisas do passado", declarou por telefone à AFP o artista, que voltou para o Reino Unido após morar por anos nos Estados Unidos.

'Lullaby and... The Ceaseless Roar' é também o primeiro álbum com canções originais desde 'Mighty ReArranger' (2005). Plant descartou no início do ano uma possível volta do Led Zeppelin, grupo nascido em 1968 e desfeito em 1980.

O cantor explicou que sua volta à Inglaterra foi estimulante e um retorno às raízes, que permitiu que reencontrasse músicos com os quais considera que tem muito em comum, com referências ao norte da África e ao cenário de Bristol.

O grupo com o qual Plant compôs este novo álbum, The Sensational Space Shifters, é formado pelo guitarrista Justin Adams - que trabalhou com tuaregues e com Peter Gabriel -, o teclista John Baggott - ligado ao Massive Attack e Portishead-, um violinista gambiano, um baixista de rock e um baterista formado em jazz.

"Escrever com outras pessoas é complicado. É preciso estar seguro de respeitar seu trabalho, e, ao mesmo tempo, ser capaz de eliminar aquilo que não funciona, e nós conseguimos fazer isso", explicou.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MÚSICA